Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Foucault e Binswanger: uma aproximação intempestiva? / Foucault and Binswanger: an unexpected convergence? / Foucault y Binswanger: ¿una aproximación intempestiva?

Yasoshima, Fabio; Messas, Guilherme.
Rev. abordagem gestál. (Impr.); 24(2): 196-203, maio-go. 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-897200

Resumo

Os nomes de Foucault e Binswanger figuram lado a lado com tão pouca frequência que, à primeira vista, a aproximação entre os autores pode apresentar-se como uma questão despropositada. No presente trabalho, com base na análise de algumas de suas obras e nas contribuições de seus comentadores, procuramos apresentar algumas indicações para uma breve incursão em certos aspectos da história desse acercamento, cujos desdobramentos não se reduzem a uma casual afinidade intelectual entre o filósofo francês e o psiquiatria suíço. Defendemos a existência de uma convergência entre ambos, centrada em aspectos como a recusa de modelos explicativos organicistas e psicodinâmicos; e a utilização metodológica da noção de a priori. Concluímos pela existência de uma importante aproximação entre as obras dos dois autores.
The names Foucault and Binswanger are so seldom seen together that the question of any convergence between the authors may at first sound preposterous. In the present study, based on the analysis of some of their works and on contributions from their commentators, we sought to present some indications for a brief incursion into certain aspects of the story behind this connection, whose implications cannot be dismissed as a mere casual intellectual affinity between the French philosopher and Swiss psychiatrist. We argue that there exists a convergence between the two, centered on aspects such as the rejection of organicist and psychodynamic explanatory models; and the methodological use of the notion of a priori. We conclude that there is an important convergence between the works of the two authors.
Los nombres de Foucault y Binswanger aparecen uno junto al otro tan infrecuentemente que, inicialmente, la aproximación entre los autores puede presentarse como una cuestión sin sentido. En este trabajo, basado en el análisis de algunas de sus obras y en las contribuciones de sus comentadores, hemos buscado presentar algunas indicaciones para una breve incursión en determinados aspectos de la historia de esta aproximación, cuyos desenvolvimientos no se reducen a una casual afinidad intelectual entre el filósofo francés y el psiquiatra suizo. Defendemos la existencia de una convergencia entre los dos, centrada en aspectos como el rechazo a los modelos explicativos organicistas y psicodinámicos; y el empleo metodológico de la noción de a priori. Concluimos en favor de la existencia de una importante aproximación entre las obras de los dos autores.
Biblioteca responsável: BR2475.1
Selo DaSilva