Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Análise de itens lexicais do discurso oral do paciente com doença de Alzheimer / Analysis of lexical items in oral discourse of Alzheimer´s disease patients

Alegria, Renne Panduro.
São Paulo; s.n; 15 mar. 2013. 108 p.
Tese em Português | Index Psicologia - Teses | ID: pte-58631

Resumo

A doença de Alzheimer, doença neurodegenerativa, em que a dificuldade de encontrar palavras é um dos déficits mais presentes, mesmo em estágios iniciais já ocorrem alterações focalmente no hipocampo e giros parahipocampais. Com o avanço da doença, a dificuldade de encontrar palavras e o uso de itens lexicais efetivos ficam muitas vezes mais comprometidos sugerindo distribuição difusa da doença no encéfalo. A dificuldade em encontrar palavras ou anomia se deve consensualmente à deterioração do processamento semântico e ao déficit da memória operacional. Ainda, mesmo nesses estágios iniciais da doença, muitos pacientes relatam dificuldades em encontrar os itens lexicais adequados para seguir uma conversação, o que os constrange causando isolamento e falta de interações comunicativas verbais. Esse relato indica que eles têm consciência dessa perda cognitiva. Nas conversações ou interações sociais entre pacientes e cuidadores, muitas vezes a dificuldade de encontrar os itens lexicais não é claramente percebida. Entretanto, com o progresso da doença essa incompreensão se acentua, gerando situações estressantes e de sobrecarga, especialmente para o cuidador. A presente pesquisa objetivou analisar os itens lexicais no discurso oral dos pacientes com doença de Alzheimer, verificar aquelas palavras mais preservadas, que visem à elaboração de estratégias linguísticas adequadas e que permitam o desenvolvimento de mecanismos discursivos, a fim de identificar estratégias que possam melhorar a interação entre cuidadores e pacientes. Neste estudo avaliaram-se os itens lexicais verbos e substantivos, hápax e as oito outras categorias gramaticais da língua portuguesa de 23 pacientes com doença de Alzheimer e 23 idosos controles sadios.(AU)
Alzheimer's disease, neurodegenerative disease, wherein the word-finding difficulty is one of the most common deficits, even at early stages alterations occur focally in the hippocampus and parahippocampal gyri. With disease progression, the word-finding difficulty and effective use of lexical items are often more affected suggesting diffuse distribution of the disease in the brain. The word-finding difficulty or anomie is consensually to the deterioration of semantic processing or the occurrence of impaired connection between the lexical and semantic level as well as the working memory impairment. Yet, even in these early stages of the disease, many patients report difficulties in finding suitable lexical items to follow a conversation, therefore the patients get constrained, causing isolation and lack of verbal communicative interactions. This indicates that they are aware of this cognitive loss. In conversations or social interactions between patients and caregivers, often the difficulty of finding lexical items is not clearly perceived. These caregivers often help the patient to complete the words and sentences inferring meanings thereby masking the stage of disease. However, with the progress of the disease misunderstanding increases, causing overload and stressful situations, especially for the caregiver. The current study aimed at analyzing the lexical items in oral discourse of patients with Alzheimer's disease, to verify the most retained words in order to develop appropriate linguistic strategies enabling the development of discursive mechanisms to identify strategies to improve the interaction between caregivers and patients. This study evaluated the lexical items, verbs, nouns hápax and the other eight grammatical categories of Portuguese language of 23 patients with Alzheimer's disease and 23 healthy elderly controls.(AU)
Biblioteca responsável: BR85.1
Localização: BR85.1 – USP/IP/SBD; T RC523 A366a e.1
Selo DaSilva