Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effects of temperature and moisture during semi-hermetic storage on the quality evaluation parameters of soybean grain and oil / Efeitos da temperatura e umidade durante o armazenamento semi-hermético sobre parâmetros de avaliação da qualidade dos grãos e do óleo de soja

Ziegler, Valmor; João Marini, Leornor; Dietrich Ferreira, Cristiano; Aldrighi Bertinetti, Ismael; Schellin Vieira da Silva, Wagner; Tiago Goebel, Jorge; de Oliveira, Maurício; Cardoso Elias, Moacir.
Semina ciênc. agrar; 37(1): 131-144, 2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-471388

Resumo

The soybean (Glycine max (L.) Merrill) is the most cultivated oilseed in the world, being of major importance in food, feed and biodiesel production. The quality of the product being marketed is directly influenced by storage techniques, and the grain moisture, temperature and storage time are primarily responsible for most of the amendments. The aim of this study was to evaluate the effects of temperature and humidity during the semi-hermetic storage on chemical and technological parameters for assessing the quality of soybean. The kernels were stored for 12 months in semi-hermetic system with two combinations temperature (15 to 25 C) and humidity (12 and 16%) and then evaluated for the occurrence of plagues, variations in humidity, levels of lipids and proteins, protein solubility, oil quality, carotenoids, color, enthalpy and thousand grain weight. The results showed that the increase in storage time leads to changes in chemical and technological parameters. The preservation of the parameters of acid oil and thousand grain weight was dependent reductions in moisture, while the incidence of pests, protein solubility, enthalpy, carotenoid levels and parameters of color preservation were preserved by reducing temperature.
A soja (Glycine max (L.) Merrill) é a oleaginosa mais cultivada no mundo, sendo de grande importância na alimentação humana, animal e para produção de biodiesel. A qualidade do produto a ser comercializado é diretamente influenciada pelas técnicas de armazenamento, sendo que a umidade dos grãos, a temperatura e o tempo de armazenamento são os principais responsáveis pela maioria das alterações. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da temperatura e da umidade durante o armazenamento semi-hermético sobre parâmetros químicos e tecnológicos de avaliação da qualidade dos grãos de soja. Os grãos foram armazenados durante 12 meses, em sistema semi-hermético, com duas combinações de temperatura (15 a 25 C) e humidade (12 e 16%) e, em seguida, avaliados quanto a ocorrência de pragas, as variações da umidade, os níveis de lipídios e proteínas, solubilidade proteica, qualidade do óleo, carotenoides, cor, entalpia e peso de mil grãos. Os resultados mostraram que o aumento do tempo de armazenamento conduz a alterações nos parâmetros químicos e tecnológicos. A preservação dos parâmetros de acidez do óleo e peso de mil grãos são mais dependentes da umidade, enquanto que a incidência de pragas, a solubilidade da proteína, a entalpia, os níveis de carotenoides e os parâmetros de preservação da cor foram preservados pela redução da temperatura.
Biblioteca responsável: BR68.1