Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Determinantes do controle da pressão arterial em homens assistidos na atenção primária à saúde / Control of the determinants of blood pressure in assisted men in primary health care

Dantsa, Rosimery Cruz de Oliveira; Paes, Neir Antunes; Silva, Ana Tereza Medeiros Cavalcanti da; Valenti, Vitor Engrácia; Mora, Jose Alfredo Ordenes; Chambrone, Joana Zambrano; Abreu, Luiz Carlos de; Farias, Maria do Carmo Andrade Duarte de.
Mundo saúde (Impr.); 40(2): [249-256], maio, 16, 2016. tab
Português | LILACS | ID: mis-37813
A Hipertensão Arterial é uma condição clínica multifatorial com uma prevalência no Brasil de 30% em adultos maioresde 20 anos e de 35,8% nos homens, que estão mais expostos a fatores de risco e frequentam menos os serviços desaúde. Nosso objetivo é investigar o controle da pressão arterial de homens hipertensos atendidos no Serviços deSaúde da Atenção Primária em dois municípios Paraibanos. Este estudo foi comparativo com abordagem quantitativa,análise descritiva, aplicando-se regressão logística. Foi verificado que a maioria dos homens hipertensos nos municípiosestudados não está sendo acompanhada pelos serviços e apresenta pressão arterial não controlada. São maiores de60 anos, de raça não branca, estão em sobrepeso/obesidade, tabagistas e não etilistas. As variáveis que mantêmrelação com o controle da pressão são raça, sobrepeso/obesidade e sedentarismo. Concluímos que a hipertensão éum grave problema de saúde pública que requer de todos (usuários, profissionais e gestores) mudança de atitude noenfrentamento desse problema. Para o controle da pressão arterial se faz necessário o acompanhamento do usuáriopelas equipes dos serviços de saúde. É necessário intensificar ações focadas nas atividades físicas e alimentação saudável,bem como vincular os homens aos serviços de saúde, promovendo uma captação precoce, uma reorganização naforma operacional de atendimento, registro, horário de consulta e o fortalecimento das ações de educação em saúde.(AU)
Biblioteca responsável: BR599.1