Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

In vitro reduction of pathogenic sporothrix schenckiifungus by photodynamic therapy / Terapia fotodinâmica na redução in vitro do fungopatogênico sporothrix schenckii

Guirado, Gunther Monteiro de Paula; Navarro, Ricardo Scarparo; Rossoni, Rodnei Dennis; Junqueira, Juliana Campos; Feitosa, Luciano dos Santos.
Mundo saúde (Impr.); 41(2): [138-143], apr. 2017. ilus, graf
Inglês | LILACS | ID: mis-39058

Resumo

Sporotrichosis is a disease that affects the lymph vessels, skin and some internal organs. Most cases are presented as asubacute chronic mycosis caused by the Sporothrix schenckii fungus; fairly common in tropical regions. The aim of thisstudy was to evaluate the susceptibility of Sporothrix schenckii yeast cells to the effects of photodynamic inactivation.For this, the viable cells were separated into four groups: irradiated with photosensitizer group (L+F+); irradiated withoutphotosensitizer group (L+F-), without irradiation and with photosensitizer group (L-F+); and without irradiation andwithout photosensitizer group (L-F-). The methylene blue photosensitizer concentration used was 0.1 mg/mL, and theAluminum Gallium Arsenide laser dose was 26.3 J/cm2. Then, counting of colony forming units (CFUs) was performedin each group. The main result was that the irradiated group with photosensitizer (L+F+) was the one that showed nogrowth of CFUs. Thus, it was concluded that Sporothrix schenckii can be inactivated by use of photodynamic therapy(AU)
A esporotricose é uma doença que afeta os vasos linfáticos, pele e alguns órgãos internos. A maioria dos casos seapresenta como uma micose subaguda à crônica, provocada por fungos do complexo Sporothrix schenckii, bastantecomuns em regiões tropicais. O objetivo deste estudo foi avaliar a suscetibilidade aos efeitos da inativação fotodinâmicaem células leveduriformes de fungos do complexo Sporothrix schenckii. Para tal, as células viáveis foram separadas emquatro grupos, sendo estes: grupo irradiado com fotossensibilizador (L+F+); grupo irradiado sem fotossensilizador (L+F-),grupo não irradiado com fotossensibilizador (L-F+); e grupo não irradiado sem fotossensibilizador (L-F-). A concentraçãodo fotossensibilizador azul de metileno utilizada foi de 0,1 mg/mL, e a dosagem do laser de Arseneto de Gálio Alumíniofoi de 26,3 J/cm2. Em seguida, foi realizada a contagem das unidades formadoras de colônias (UFCs) em cada grupo.Como principal resultado, verificou-se que o grupo irradiado com fotossensibilizador (L+F+) foi o único que nãoapresentou crescimento de UFCs. Dessa forma, concluiu-se que fungos do complexo Sporothrix schenckii podem serinativados com o uso da terapia fotodinâmica(AU)
Biblioteca responsável: BR599.1