Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Contaminação Ambiental por enteroparasitas presentes em fezes de cães em uma região do Pantanal / Environmental Contamination by enteroparasites present in the feces of dogs in a Pantanal region

Rosales, Thaisa Fernanda de Lima; Malheiros, Antonio Fransico.
Mundo saúde (Impr.); 41(3): [368-377], jul., 2017. ilus, graf, tab
Português | LILACS | ID: mis-40034
A contaminação ambiental por fezes de cães em lugares públicos é um fator de risco para a transmissão deenteroparasitas, pois alguns parasitas intestinais que acometem os cães possuem potencial zoonótico. Objetivou-se pormeio da realização deste trabalho descrever a prevalência de enteroparasitas, presentes em fezes de cães (Canis lupusfamiliaris), utilizando-os como indicadores de contaminação ambiental, em áreas públicas urbanas em uma região doPantanal Mato-grossense. Durante os meses de maio e junho de 2016 foram coletadas 120 amostras de fezes de cãesem áreas públicas em Cáceres-MT. As fezes coletadas foram analisadas utilizando-se microscópio óptico no laboratóriode Parasitologia da Universidade do Estado de Mato Grosso. Para um diagnóstico mais preciso, foram empregadasduas técnicas coprológicas em cada amostra de fezes coletada, método de Hoffman, Pons e Janer e método de Fauste colaboradores. Para verificar a semelhança entre a riqueza de espécies de parasitas nas diversas áreas utilizou-se oíndice de similaridade de Jaccard e a análise de PERMANOVA. Entre as amostras analisadas 67,5% foram positivaspara pelo menos um parasita. Os helmintos mais prevalentes pertencem a família Ancylostomatidae (34,16%) e oprotozoário intestinal mais prevalente foi Giardia spp. (18,33%). Por meio dos resultados do índice de Jaccard (p<0.05)e da análise de PERMANOVA (R2 = 0.04) observou-se que as áreas são similares a riqueza de espécies encontradas.Conclui-se que as fezes de cães desempenham um papel importante na contaminação ambiental por enteroparasitasnesta região do Pantanal mato-grossense, representando um risco para saúde de seres humanos e de outros animais(AU)
Biblioteca responsável: BR599.1