Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

 
adicionar à sua lista
1.

As práticas de educação em saúde na doação de sangue de cordão umbilical e placentário: o diálogo entre Enfermeiros e Gestantes/ The practice of health education in the donation of Umbilical Cord Blood and Placenta: the dialogue between nurses and expectant mothers

Autor(es): Cruz, Adriana Fernandes
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; ago. 2015. 109 f p. tab, ilus.
Tese [ ID: 846669 ] Idioma(s): Português
O Banco de sangue de cordão umbilical e placentário (BSCUP) foi inaugurado no Instituto Nacional de Câncer (INCA) em Fevereiro de 2001. A coleta de Sangue de cordão umbilical é um procedimento realizado exclusivamente por enfermeiros, capacitado para o desenvolvimento das atividades relacionadas com a doação. A partir do estabelecimento da parceria técnico-científica entre a Marinha do Brasil e o INCA, em de 2006, que o BSCUP/INCA, recebe doações de unidades de SCUP, para fins de transplante. No decorrer dos anos, foi observado uma baixa adesão das gestantes no processo de doação de SCUP no HNMD, fato que motivou o interesse pela realização dessa pesquisa. A partir da problemática exposta construi as seguintes questões norteadoras: Como as enfermeiras desenvolvem as ações educativas para atender a proposta para a doação de SCUP?; Quais são as facilidades e as dificuldades enfrentadas pelas enfermeiras para a sensibilização de gestantes com potencial para doação de SCUP?; Existem estratégias construídas pelas enfermeiras para a sensibilização das gestantes a doação? O objeto do estudo: As estratégias educativas conscientizadoras para a doação de e coleta de SCUP estabelecidas na relação enfermeira-gestante. Objetivos: Identificar no processo de trabalho às ações educativas desenvolvidas junto as gestantes na doação de sangue de cordão umbilical e placentário; Descrever a aceitação e o dissenso da proposta de coleta pelas gestantes no pré-parto e Propor ações pedagógicas com vistas a conscientização das gestantes para à doação e coleta de SCUP. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratório descritiva, abordagem teórico-filosófica, baseada na Educação Popular em saúde, trazendo o postulado de Paulo Freire como referencial teórico. A coleta de dados ocorreu no HNMD, período de 13 de janeiro a 1 de julho de 2015, com vinte participantes, sendo: cinco enfermeiros e quinze gestantes. A análise dos dados possibilitou a construção das seguintes categorias: A dialogicidade como prática de captação entre enfermeiras e gestantes; A Educação como instrumento para tomada de consciência: da conscientização a reconstrução do saber e Compartilhar proposições pedagógicas como práticas na construção dos saberes. Os resultados identificaram que não há ações educativas aplicadas as gestantes sobre a doação de SCUP, o que não inviabilizou a ix aceitação à doação pelas gestantes abordadas. A partir do presente estudo foram construídas proposições pedagógicas para a conscientização da gestante sobre a doação e coleta de SCUP.(AU)
Localização: BR442.1; T808 EEAN