Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

 
adicionar à sua lista
1.

Câncer de mama: fatores preditivos da ocorrência de metástases para linfonodos auxiliares/ Cancer of suckles

Autor(es): Eisenberg, Ana Lucia Amaral
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 1998. 197 p. tab.
Tese [ ID: 12257 ] Idioma(s): Português
A detecção precoce do câncer de mama é fator de reconhecida importância no tratamento e prognóstico das pacientes e as metástases para os linfonodos auxiliares (MLA) são os preditores mais importantes do seu prognóstico. Foi realizado um estudo caso-controle com 306 carcinomas ductais infiltrantes (CDI) de mama, diagnosticados e tratados consecutivamente no Hospital do Câncer, em 301 mulheres, num período de 20 meses. Os CDI com MLA foram considerados casos e os sem metástases, controles. Foram estudadas variáveis selecionadas relacionadas às pacientes e ao tumor (características macro e microscópicas e marcadores tumorais processados por imuno-histoquímica). Na análise bivariada, algumas variáveis se associaram estatisticamente (p < ou =0,05) com o desfecho em questão: idade da menarca, tipo de peça cirúrgica, tamanho do tumor, comprometimento de pele, formação tubular, pleomorfismo nuclear e invasão vascular e/ou linfática. Através da regressão logística não condicional foram identificados como fatores preditivos independentes para a ocorrência de MLA as seguintes variáveis: idade agrupada (<60 anos vs. > ou =60 anos) (p<0,05), tamanho do tumor (> ou i=4,0 cm vs.< 4,0 cm) (p < 0,05), pleomorfismo nuclear (p < 0,05), invasão vascular e/ou linfática (p < 0,001) e o termo de interação tamanho do tumor e idade agrupada onde o tamanho do tumor só foi fator preditivo para a ocorrência de MLA em pacientes com 60 anos ou mais. De acordo com os resultados deste estudo somente as variáveis idade da paciente ao diagnóstico, tamanho do tumor, pleomorfismo nuclear e invasão vascular e/ou linfática foram fatores preditivos para a ocorrência de MLA. Tanto os receptores hormonais quanto os marcadores tumorais estudados (c-erbB-2, catepsina D, MIB-1, PCNA e p53) não se mostraram importantes para predizer o desfecho em estudo, tanto na análise bivariada quanto na análise multivariada.(AU)
Localização: ENSP/R616.994*E36c