A Biblioteca Cochrane foi excluída da BVS por decisão da Wiley de não renovação da licença de uso com a BIREME. Saiba mais.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

 
adicionar à sua lista
1.

Análise econômica do tratamento de tromboembolismo venoso com rivaroxabana em comparação com enoxaparina seguida de varfarina sob a perspectiva do Sistema de Saúde Suplementar brasileiro/ Economic analysis of the treatment of venous thromboembolism with rivaroxaban in comparison with enoxaparin plus warfarin under the perspective of the Brazilian Private Healthcare System

Autor(es): Piedade, Alexandra David; Paladini, Luciano; Kashiura, Diego; Lemmer, Teresa; Tobaruella, Flávia Sauer; Campos, Karisa Oliveira M
Fonte:
Artigo [ PMID: 833572 ] Idioma: Português
Objetivo: O tromboembolismo venoso (TEV) está associado a um grande impacto em saúde. A rivaroxabana é uma das opções recomendadas para o tratamento de TEV, segundo diretrizes internacionais (American College of Chest Physicians ­ ACCP 2016) (Kearon et al., 2016). É um anticoagulante oral, inibidor direto do fator Xa, que possui a vantagem de não requerer monitoramento e ajuste de dose de acordo com parâmetros laboratoriais de coagulação. O objetivo deste estudo foi comparar os custos diretos da rivaroxabana com a combinação de enoxaparina/varfarina e estimar o impacto orçamentário de sua introdução no Sistema de Saúde Suplementar brasileiro. Métodos: Realizaram-se análises de custo-minimização e impacto orçamentário comparando os tratamentos com rivaroxabana e enoxaparina/varfarina, em um horizonte temporal de um ano, sob a perspectiva do Sistema de Saúde Suplementar brasileiro. Foram considerados custos médicos diretos durante o período de internação hospitalar (medicamentos, hospitalização, acompanhamento ambulatorial e eventos adversos). A população de pacientes elegíveis foi estimada a partir de uma abordagem epidemiológica, considerando o sistema de saúde privado como um todo e para diferentes portes de operadoras de saúde. Resultados: Estimou-se que o tratamento de TEV com rivaroxabana pode gerar R$ 1.996,99 de economia comparado ao tratamento com enoxaparina/varfarina, principalmente devido à redução do tempo de hospitalização. O impacto orçamentário da introdução da rivaroxabana no Sistema de Saúde Suplementar apresentou economia de recursos potencial em todos os cenários analisados. A robustez do modelo foi testada por análises de sensibilidade determinísticas e a economia de recursos promovida pela rivaroxabana foi mantida em todas as variações. Conclusão: A rivaroxabana é uma alternativa para o tratamento de TEV que possui o potencial de gerar economia de recursos ao Sistema de Saúde Suplementar brasileiro.
Objective: Venous thromboembolism (VTE) is associated with a significant healthcare burden. Rivaroxaban is an oral anticoagulant, direct factor Xa inhibitor, that has the advantage of not requiring routine coagulation monitoring and dose adjustment according to laboratory parameters of coagulation. The objective of this study is to compare the direct costs of rivaroxaban with the combination of enoxaparin/warfarin and estimate the budget impact of the reimbursement by the Brazilian Private Healthcare System. Methods: A cost-minimization and a budget impact analysis were performed comparing rivaroxaban versus enoxaparin/warfarin, in one-year time horizon and under the perspective of the Brazilian Private Healthcare System. Medical direct costs were considered for the hospitalization period (drugs, hospitalization, outpatient care and adverse events). Eligible patients were estimated through an epidemiological approach for the healthcare system and stratified by health management organization profile. Results: Estimated total cost of VTE treatment with rivaroxaban may cause a R$ 1.996,99 economy comparing to enoxaparin/warfarin, mainly due to fewer hospitalization days. The budget impact of the reimbursement of rivaroxaban in the Brazilian Private Healthcare System presented potential resource in all scenarios evaluated. Robustness of the model was tested by deterministic sensitivity analysis in which the resource saving promoted by rivaroxaban was maintained in all variations. Conclusion: Rivaroxaban is an alternative for the treatment of VTE that has potential to promote resource for the Brazilian Private Healthcare System.