A Biblioteca Cochrane foi excluída da BVS por decisão da Wiley de não renovação da licença de uso com a BIREME. Saiba mais.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

 
adicionar à sua lista
1.

Análise de custo-efetividade de obinutuzumabe associado à quimioterapia para o tratamento de pacientes adultos com leucemia linfoide crônica não elegíveis ao tratamento baseado em fludarabina na perspectiva do Sistema Único de Saúde (SUS)/ Cost-effectiveness analysis of obinutuzumab associated to chemotherapy for the treatment of chronic lymphocytic leukemia patients ineligible for fludarabine under the Brazilian Public Healthcare System (SUS)

Autor(es): Ho, Rodrigo Shimabukuro; Rufino, Camila; Tsuchiya, Carolina Terumi; Biondo, Juliana Marques Lagrasta; Alves, Marcia Regina Dias
Fonte:
Artigo [ PMID: 859499 ] Idioma: Português
Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a custo-efetividade da terapia obinutuzumabe + quimioterapia (GQT) versus quimioterapia (QT) em pacientes com leucemia linfoide crônica (LLC) sem tratamento prévio classificados como inelegíveis à dose completa de fludarabina (slow-go) na perspectiva do Sistema Único de Saúde (SUS). Métodos: Um modelo de Markov foi desenvolvido para acompanhar os pacientes com LLC durante o curso da doença, em um horizonte de tempo de 20 anos. Os desfechos de sobrevida livre de progressão (SLP) e sobrevida global (SG) foram avaliados respectivamente em termos de anos de vida livres de progressão (AVLP) e anos de vida ganhos (AVG). O custo de tratamento incluiu os custos de aquisição de medicamentos, manejo de eventos adversos e acompanhamento. Os dados de eficácia foram obtidos dos estudos CLL11 e CLL5. Resultados: O custo de tratamento incremental foi de R$ 72.565. Os valores de SLP para GQT e QT foram, respectivamente, 3,3 e 1,1 AVLP. Para SG, o GQT resultou em uma efetividade de 5,7 e QT 4,3 AVG. Os resultados de RCEI foram de R$ 32.477/SLP e R$ 52.252/AVG. Conclusão: A terapia GQT é uma opção que proporciona benefícios clínicos superiores quando comparada à QT e pode ser considerada custo-efetiva no tratamento de LLC em pacientes não elegíveis a doses completas de fludarabina.
Objective: The objective of the study was to evaluate the cost-effectiveness of obinutuzumab + chemotherapy (GQT) versus chemotherapy (QT) in patients with chronic lymphocytic leukemia (CLL) without previous treatment, classified as ineligible to full dose of fludarabine (slow-go) under the perspective of Brazilian Public Healthcare System (SUS). Methods: A Markov model was developed to follow the patients with CLL through the disease course, in a time horizon of 20 years. The evaluated outcomes were progression free life years (PFLY) and life years gained (LY). The treatment cost included drug acquisition, adverse events management and patient follow-up. Efficacy data were obtained from CLL11 and CLL5 studies. Results: Incremental treatment cost was R$ 72,565. PFS for GQT and QT were respectively 3.3 and 1.1 PFLY. For LY, GQT resulted in an effectiveness of 5.7 and QT 4.3. ICER were R$ 32,477/PFLY and R$ 52,252/LY. Conclusion: GQT therapy is an option that promotes superior clinical benefits when compared to QT, and it can be considered cost-effective in the treatment of CLL in patients not eligible to full doses of fludarabine.