Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Enfermagem

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Instabilidade postural e a condição de fragilidade física em idosos / Postural instability and the condition of physical frailty in the elderly

Moraes, Dayana Cristina.
Curitiba; s.n; 20171106. 126 p. ilus., gráfs., tabs.
Tese em Português | BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: bde-32763
Trata-se de estudo quantitativo de corte transversal, realizado no Ambulatório de Geriatria e Gerontologia do município de São José dos Pinhais/PR (Brasil), com o objetivo de analisar a relação entre instabilidade postural e a condição e os marcadores de fragilidade física de idosos em assistência ambulatorial de geriatria e gerontologia. Participaram do estudo idosos com idade ≥60 anos que compareceram às consultas agendadas e que foram selecionados por critérios pré-estabelecidos de inclusão e exclusão. A amostra foi constituída por 381 idosos, com base no cálculo da amostra representativa da população de idosos do município. A coleta de dados ocorreu entre setembro de 2016 a março de 2017. Avaliaram-se a condição de fragilidade física mediante o fenótipo de fragilidade e instabilidade postural pela Escala de Equilíbrio de Berg. Analisaram-se os dados por meio de estatística descritiva, distribuição de frequência absoluta e percentual, média e desvio padrão, valores mínimos e máximos. Realizaram-se análises univariadas por meio do teste de qui-quadrado, com nível de significância estatístico considerado de p<0,05, e multivariadas por regressão logística, pelo método Forward Stepwise, que resultou no modelo de fragilidade física associado à instabilidade postural. As chances de cada variável independente se relacionar à instabilidade postural foram analisadas pela Odss Ratio, com intervalo de confiança de 95%. O modelo foi avaliado pelo critério da Receiver Operating Characteristic Curve, valor preditivo, especificidade e sensibilidade, taxa de falsos positivos e negativos, sendo considerado elegível o modelo com menor valor do Critério de Informação de Akaike...(AU)
Biblioteca responsável: BR501.1
Localização: BR501.1; 618.970231, M827