Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Enfermagem

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Relação entre a ansiedade no período pré-operatório e a dor no período pós-operatório / Relationship between anxiety in the preoperative period and pain in the postoperative period

Periañez, Carlos Alberto Henao.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 67 p. tab.
Tese em Português | BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: bde-33448

INTRODUÇÃO:

Diversos estudos apontam que distúrbios psicológicos e fisiológicos impedem uma recuperação pós-operatória ótima, alguns relataram consistentemente associações entre as medidas da ansiedade pré-operatória e a dor pós-operatória, mas ainda não há consenso geral, devido a diferenças metodológicas específicas desses estudos.

OBJETIVO:

Este estudo teve como objetivo analisar a relação entre a ansiedade no período pré-operatório e a dor no período pós-operatório.

MÉTODO:

Trata-se de um estudo observacional, analítico, prospectivo, realizado em dois momentos de avaliação, antes e depois do procedimento cirúrgico. Como local para o estudo, foi escolhido o Centro Cirúrgico e as enfermarias clínica-cirúrgicas de um hospital universitário do estado de Minas Gerais. Para seleção dos pacientes, foi feita uma amostragem não probabilística, por conveniência, dos casos consecutivos os quais realizaram cirurgia eletiva, nos meses de fevereiro a julho de 2017. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais. Foi elaborado um Instrumento de Coleta de Dados, submetido à avaliação de três juízes enfermeiros e pesquisadores. Para avaliação da ansiedade foi utilizada a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão, e a Escala Numérica Verbal para mensuração da intensidade da dor. A coleta de dados ocorreu em duas fases, a primeira durante o período pré-operatório, na sala de recepção do Centro Cirúrgico e a segunda durante o período pós-operatório, na clínica cirúrgica. Os dados foram analisados por meio do programa estatístico Statistical Package for the Social Sciences para Windows versão 22.0. A análise estatística foi realizada pelo teste T de Student, teste Qui-quadrado ou exato de Fisher, e a regressão logística binária, considerando nível de significância de 5% e intervalo de confiança de 95%.

RESULTADOS:

A amostra final foi constituída por 50 pacientes, 84,0% foi do sexo feminino e a idade média foi de 40,96±11,15 an...(AU)
Biblioteca responsável: BR21.1
Localização: BR21.1; T-WY161, PERE