Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Enfermagem

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Relação entre o nível de dependência de cuidados e a qualidade de vida do cuidador informal no contexto da atenção primária à saúde / Relationship between level of care dependency and life quality of informal caregiver in the context of Primary Health Care

Tavares, Marcus Luciano de Oliveira.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 103 p. tab, ilus, mapas, graf.
Tese em Português | BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: bde-33464
O expressivo aumento de indivíduos dependentes de cuidados tem afetado significativamente a estrutura e as relações familiares, e capacidade de resposta das famílias a essa situação. Nesse contexto, destaca-se a figura do cuidador familiar, indivíduo que é responsável pelo cuidado contínuo ao dependente, ainda que não possua formação específica para tal. Reconhecendo o cenário de transformações e sabendo da importância do papel que o cuidador familiar exerce na família e sociedade, consideramos necessário aprofundar o conhecimento sobre os impactos que o cuidado informal exerce na vida e saúde do cuidador.

OBJETIVO:

Analisar a relação entre o nível de dependência de cuidados e a qualidade de vida (QV) do cuidador familiar no contexto da atenção primária à saúde.

MÉTODO:

Trata-se de um estudo transversal, desenvolvido com uma população de 139 cuidadores de indivíduos dependentes de cuidados, adstritos a duas Unidades Básicas de Saúde de Belo Horizonte – MG. A coleta de dados foi realizada por meio de visitas domiciliares entre outubro de 2016 e agosto de 2017. Foi utilizado um questionário para caracterização sociodemográfica do cuidador e indivíduo dependente; o Índice de Barthel, instrumento que afere o nível de dependência; e o WHOQOL-bref para avaliação da QV do cuidador. Os dados foram analisados por meio do software Stata (versão 13.1). A análise estatística constou de análise descritiva incluindo todas as variáveis do estudo, análise bivariada por meio de testes paramétricos e não paramétricos, e multivariada por meio da regressão linear múltipla. As análises bi e multivariadas tiveram como desfecho a QV em todos os seus domínios.

RESULTADOS:

Houve predomínio de cuidadores do sexo feminino, com baixo nível de escolaridade e renda, sem atividade remunerada, filho/filha do dependente, sedentários e portadores de alguma doença ou agravo...(AU)
Biblioteca responsável: BR21.1
Localização: BR21.1; T-WY200, TARE