EVIPNet Brasil > Pesquisa > id:"biblio-891979"
adicionar à sua lista
1.

Effects of strength training on the treatment of patellofemoral pain syndrome - a meta-analysis of randomized controlled trials/ Efeitos do treinamento de força no tratamento da síndrome da dor femoropatelar - uma metanálise de ensaios clínicos randomizados

Autor(es): Cardoso, Rodrigo Kohn; Caputo, Eduardo Lucia; Rombaldi, Airton José; Del Vecchio, Fabrício Boscolo
Fonte: Fisioter. Mov. (Online);30(2): 391-398, Apr.-June 2017. tab, graf
[ ID: 891979 ]  LILACS Express Idioma: Inglês
Abstract Introduction: Palletofemoral pain syndrome (PFPS) is anterior knee pain that affects around 25% of the population at some point in their lives. Muscle weakness is one of the main causal factors related to PFPS. Objective: Conduct a quantitative analysis on the effectiveness of strength training at reducing pain in PFPS sufferers. Methods: An electronic search was conducted on the MEDLINE, Pubmed, EMBASE, Lilacs and Scielo databases for studies published between January 2005 and September 2014. The following descriptors were used: "patellofemoral pain syndrome", "patellofemoral pain", "retropatellar pain", "exercise", "exercise therapy", "strength", "rehabilitation". Only randomized controlled trials (RCTs) that compared the effects of strength training to no exercise in terms of reducing pain among PFPS sufferers were included. Data were extracted by two independent authors using predefined quality indicators. Results: A total of 39 RCTs were initially identified in the search. However, only five met the inclusion criteria. Strength training exhibited a positive effect on PFPS (SMD = 0.85, CI: 0.45-1.25). However, high heterogeneity was observed between the studies (p < 0.05; I 2 = 68.3%). Conclusion: Strength training showed a statistically positive response in the treatment of PFPS.
Resumo Introdução: A síndrome da dor femoropatelar (SDF) é uma patologia da região anterior do joelho que atinge cerca de 25% da população em algum momento da vida. Dentre os fatores causais relacionados com a SDF, destaca-se o enfraquecimento muscular. Objetivo: Realizar uma análise quantitativa da eficácia do exercício de força na redução da dor em portadores de SDF. Métodos: Foi realizada uma busca eletrônica nas bases de dados MEDLINE, Pubmed, EMBASE, Lilacs e Scielo, limitada entre o período de janeiro de 2005 e setembro de 2014. Os seguintes descritores foram usados, em língua inglesa: "patellofemoral pain syndrome", "patellofemoral pain", "retropatellar pain", "exercise", "exercise therapy", "strength", "rehabilitation". Apenas ensaios clínicos randomizados que comparassem os efeitos do treinamento de força ao não exercício na redução da dor de portadores de SDF foram incluídos. A extração de dados foi realizada por dois autores de forma independente, utilizando indicadores de qualidade pré-definidos. Resultados: Total de 39 ECR's foi identificado inicialmente na pesquisa. No entanto, apenas cinco estudos contemplaram os critérios de inclusão. O treinamento de força apresentou efeito positivo sobre a SDF (SMD = 0,85, IC: 0,45-1,25). Contudo, foi encontrada alta heterogeneidade entre os estudos (p < 0,05; I 2 = 68,3%). Conclusão: Evidenciou-se resposta estatisticamente positiva do treinamento de força no tratamento da SDF.