EVIPNet Brasil > Pesquisa > id:"lil-772783"
adicionar à sua lista
1.

Fatores associados com a infecção relacionada ao cateter percutâneo em recém-nascidos de alto risco/ Factors associated with catheter-related infections to percutaneous catheter in newborn of high risk

Autor(es): Rangel, Uesliz Vianna
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2013. 54 p. tab.
[ ID: 772783 ] Idioma: Português
A infecção sanguínea relacionada ao Cateter Central de Inserção Periférica (PICC) se destaca entre as principais intercorrências na utilização deste dispositivo venoso, isto porque indica a necessidade de sua remoção imediata e antecipada, uma vez que a finalidade da instalação do cateter seria permitir um acesso venoso de longa permanência. Esta infecção se dá pela colonização do cateter com migração de microrganismos para o interior da corrente sanguínea, caracterizando uma bacteremia. Diante da possibilidade de ocorrência de complicações pelo uso de cateter, o Center for Disease Control (CDC) disponibilizou o Guidelines for the prevention of intravascular catheter-related infection, cujo objetivo é uniformizar a prática de inserção e manutenção de cateteres intravenosos, entre os quais o PICC. Dentre as muitas recomendações do guia, destaca-se a necessidade de análise periódica da adesão dos profissionais de saúde ao protocolo de controle de infecção, a qual tem por objetivo verificar se medidas de controle e prevenção das complicações infecciosas relacionadas ao uso de cateteres venosos estão surtindo os efeitos esperadosEste estudo, portanto se objetiva a estimar a associação de fatores descritos no formulário de vigilância para dispositivos intravasculares com a incidência de infecção relacionada ao cateter de PICC em recém-nascidos de alto risco. Foram analisados 63 prontuários de recém-nascidos com peso entre 500 a 1500 gramas, que utilizaram PICC quando estavam internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Instituto Fernandes Figueira no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2010. Estimou-se que a frequência de infecção pelo uso do cateter nesta população foi de 25,40 por cento...
A bloodstream infection related to Peripherally Inserted Central Catheter (PICC)stands out among the main complications in using this venous device, because it indicates theneed for its immediate removal and anticipated, since the purpose of the installation of thecatheter would allow access Venous long stay. This infection is by colonization of the catheterwith antigen migration into the bloodstream, characterized bacteremia.Faced with the possibility of complications catheter use, the CDC released theGuidelines for the prevention of intravascular catheter-related infection, whose goal is tostandardize the practice of insertion and maintenance of intravascular catheters, including thePICC. Among the many recommendations of the guide, there is the need for periodic reviewof the membership of health professionals to the infection control protocol, which aims todetermine whether measures of control and prevention of infectious complications related tothe use of venous catheters are having an expected effects.This study therefore aims was to assess the association of factors described in the formof surveillance devices with the incidence of intravascular catheter-related infection PICC ininfants at high risk.We analyzed medical records of 63 neonates weighing 500-1500 grams, which whenused PICC were admitted to the Neonatal Intensive Care Unit of the Fernandes FigueiraInstitute from January 2009 to December 2010. It was estimated that the frequency of catheterinfection in this population was 25.40 percent...