EVIPNet Brasil > Pesquisa > id:"lil-778491"
adicionar à sua lista
1.

Femoral quadriceps neuromuscular electrical stimulation after total knee arthroplasty: a systematic review/ Estimulação elétrica neuromuscular do quadríceps após artroplastia total de joelho: uma revisão sistemática

Autor(es): Volpato, Helena Bruna Bettoni; Szego, Paulo; Lenza, Mario; Ferretti, Mario; Talerman, Claudia; Milan, Silvia Lefone
Fonte: Einstein (Säo Paulo);14(1): 77-98, Jan.-Mar. 2016. tab, graf
[ ID: 778491 ]  LILACS Express Idioma: Inglês
Abstract The purpose of this study was to evaluate the effects of neuromuscular electrical stimulation in patients submitted to total knee arthroplasty. This was a systematic review with no language or publication status restriction. Our search was made in Cochrane Library, MEDLINE, Embase and LILACS. Randomized or quasi-randomized clinical trials evaluating neuromuscular electrical stimulation after total knee arthroplasty were included. Four studies with moderate risk of bias and low statistical power were included, totalizing 376 participants. There was no statistically significant difference in knee function, pain and range of motion during 12 month follow-up. This review concluded that neuromuscular electrical stimulation was less effective than traditional rehabilitation in function, muscular strength and range of motion. However, this technique was useful for quadriceps activation during the first days after surgery.
Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da estimulação elétrica neuromuscular em pacientes submetidos à artroplastia total de joelho. Esta foi uma revisão sistemática sem restrição de idioma ou status de publicação. Nossa pesquisa foi realizada na biblioteca Cochrane, MEDLINE, Embase e LILACS. Foram incluídos ensaios clínicos randomizados ou quase-randomizados, avaliando a estimulação elétrica neuromuscular após a artroplastia total de joelho. Quatro estudos com risco de viés moderado e de baixo poder estatístico foram incluídos, totalizando 376 participantes. Não houve diferença estatisticamente significativa na função do joelho, dor e amplitude de movimento durante 12 meses de seguimento. Esta avaliação concluiu que a estimulação elétrica neuromuscular foi menos eficaz do que a reabilitação tradicional na função, força muscular e amplitude de movimento. No entanto, essa técnica é útil para a ativação do quadríceps durante os primeiros dias após a cirurgia.