Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Homeopatia

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Relação médico-paciente na homeopatia: convergência de representações e prática / Doctor-patient relationship in Homeopathy: convergence of social representations and practice

Campello, Maria Freire.
Rio de Janeiro; s.n; 2001. 131 p.
Tese em Português | HomeoIndex (homeopatia) | ID: hom-8140
Este trabalho parte da constatação da crise da racionalidade moderna e, mais especificamente, da crise da saúde como um todo e, particularmente, nos serviços públicos. Encontramos um panorama onde os valores predominantes são o individualismo, o consumismo, a busca de poder sobre o outro e do prazer imediato a qualquer preço; onde percebemos mudanças bruscas de valores sócio-culturais, que norteavam as pessoas. Diante desse quadro foi constatado na população um sentimento de desânimo, de ausência de cuidados, de insegurança e incerteza. O indivíduo que encontrava apoio numa rede de solidariedade composta pela família , pelos amigos; calcada em valores culturais mais estáveis vê-se isolado. Esta situação vivida, principalmente, nos grandes centros urbanos acarreta uma série de transtornos biopsíquicos, que não são resolvidos pelo sistema de saúde. Ao que tudo indica, essa crise generalizada faz com que a população se volte para formas alternativas de solucionar seus problemas de saúde; buscando sobretudo, alguém que esteja interessado em ovir suas queixas, que esteja preocupado em cuidar de seu sofrimento, de tratar sua dor. A partir dessa constatação ao autora realizou a análise qualitativa de entrevistas semi-estruturadas de médicos homeopatas e pacientes da homeopatia de três unidades públicas de saúde... Além disso, realizou algumas observaçÕes de condutas... No presente trabalho, a autora enfoca a peculiaridade da relação médico-paciente da homeopatia, percebida como situação privilegiada, que sintetiza algumas características da racionalidade médica homeopática. Nessa relação, o médico se mostra atencioso e interessado. Ele adota esta postura pelas necessidades da própria racionalidade, para que a diagnose e a terapêutica ocorram. Esta forma de atendimento "mais humanizada" é um dos principais motivos de satisfação com o tratamento homeopático... (Au)
Biblioteca responsável: BR433.1
Localização: BR926.1; WB934.2, C193rm, 2001
Selo DaSilva