Your browser doesn't support javascript.
A Biblioteca Cochrane foi excluída da BVS por decisão da Wiley de não renovação da licença de uso com a BIREME. Saiba mais.

BVS Odontologia

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Abordagem multidisciplinar para o tratamento da reabsorção cervical externa: relato de caso / Multidisciplinary approach for the treatment of external cervical resorption: case report

Michelotto, André Luiz da Costa; Koubik, Ana Claudia Galvão de Aguiar; Andrighetto, Augusto Ricardo; Bueno, Albano Luis Novaes; Pupo, Yasmine Mendes.
Dent. press endod; 7(3): 34-42, set.-dec. 2017. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-877447

Resumo

Introdução: a reabsorção radicular é um processo patológico que resulta na perda de cemento, dentina e osso, sendo desencadeada por desequilíbrio entre osteoblastos e osteoclastos. O diagnóstico geralmente ocorre por meio de exame radiográfico e/ou tomográfico. Objetivo: relatar o tratamento de um caso de reabsorção cervical no dente #14 com abordagem multidisciplinar envolvendo Endodontia, Ortodontia, Periodontia e Prótese. Métodos: após realização de tomografia, verificou-se que a imagem correspondia a uma reabsorção cervical externa na raiz palatina, estendendo-se desde distal, seguindo para palatal e mesial. Após abertura e medicação intracanal, o endodontista optou por encaminhar a paciente para avaliação com ortodontista, sendo sugerida a realização de tracionamento ortodôntico, numa tentativa de expor a área da lesão. Para se atingir a posição final do dente, entre ativações de segunda e terceira ordens e ajustes oclusais, a etapa ortodôntica durou onze meses, incluindo três meses de contenção. Um mês antes de remover o aparelho ortodôntico e após um ano desde o início do tracionamento, realizou-se a obturação dos canais radiculares. Ainda com o dispositivo ortodôntico, foi realizada a cirurgia para correção do nível ósseo e gengival, que tende a acompanhar o dente, visualizando-se totalmente a área da reabsorção. Após um mês da cirurgia de aumento de coroa clínica, removeu-se o aparelho ortodôntico e realizou-se o tratamento protético com núcleo metálico fundido com liga de ouro e coroa em cerâmica com infraestrutura de zircônia. Conclusão: a partir de uma abordagem multidisciplinar, torna-se possível o tratamento de casos de reabsorções cervicais externas.
Biblioteca responsável: BR510.1