Your browser doesn't support javascript.

Plataforma de Conhecimentos

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

O jornal Folha de S. Paulo no contexto das indústrias culturais e midiáticas: um olhar para as manchetes sobre o Programa Mais Médicos / Folha de S. Paulo Newspaper in the Context of Cultural and Media Industries: a Critical Look at the Headlines on Programa MaisMédicos Government Program

Emerich, Tatiana Breder; Cavaca, Aline Guio; Oliveira, Adauto Emmerich; Rebouças, Edgard.
Rev. bras. pesqui. saúde; 20(2)abr.-jun. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-912152
Introdução: O Programa Mais Médicos (PMM) representa uma política estruturada em três dimensões: criação de novos cursos de medicina; mudanças na formação médica e provimento de médicos para atuarem no Sistema Único de Saúde. Durante sua implantação, os meios de comunicação tiveram um papel importante ao colocar essa temática em debate. Objetivo: Analisar as manchetes do jornal Folha de S. Paulo sobre o PMM, a partir do referencial teórico das indústrias culturais e midiáticas a fim de discutir os interesses que permeiam a lógica das notícias. Métodos: Foi realizada a busca do título das notícias no site do jornal Folha de S. Paulo. O descritor inserido foi "Programa Mais Médicos", no período de 01/06/2013 a 01/12/2013. Foram capturados 197 títulos que abordavam a temática. Os títulos foram transcritos e analisados por meio da técnica de Análise de Conteúdo no Software de Análise de Dados Qualitativos Maxqda. Resultados: A amostra final foi constituída de 164 títulos. A maioria das notícias que citavam o PMM tinha um título de caráter negativo ou pessimista. Com base na Análise de Conteúdo da abordagem do título da matéria, emergiram as seguintes categorias: política, corporativismo, formação profissional, atenção básica, financiamento e outras. Conclusão: O PMM foi uma temática de destaque midiático no jornal Folha de S. Paulo, com um viés predominante político e negativista relacionado aos interesses do jornal enquanto atividade comercial. Dessa forma, o corporativismo médico foi fortemente revelado nas manchetes.(AU)
Introduction: Programa Mais Médicos (PMM) represents a policy structured in three dimensions: creation of new medical courses; changes in medical training; and provision of doctors to work in the Unified Health System (SUS). During its implementation, the media played an important role in putting this topic under discussion. Objective: To analyze the headlines of Folha de S. Paulo newspaper on PMM based on the theoretical framework of cultural and media industries in order to discuss the interests permeating the logic of news. Methods: News headlines were searched on Folha de S. Paulo newspaper website. The entry used was "Programa Mais Médicos", from 06/01/2013 to 12/01/2013. Overall, 197 headlines that approached the theme were captured. News headlines were transcribed and analyzed using the Content Analysis technique in the Maxqda Qualitative Data Analysis Software. Results: The final sample consisted of 164 news headlines. Most of the news on PMM had a negative or pessimistic headline. Based on the Content Analysis of the headline approach, the following categories emerged: politics; corporatism; professional training; primary care; financing; and others. Conclusion: PMM was a prominent media issue in Folha de S. Paulo newspaper, with a predominant political and negative bias related to the interests of the newspaper as a commercial activity. Thus, medical corporatism was heavily revealed in the headlines.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1