Your browser doesn't support javascript.

Plataforma de Conhecimentos

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Efetividade da Estratégia Saúde da Família em unidades com e sem Programa Mais Médicos em município no oeste do Paraná, Brasil / Effectiveness of the Family Health Strategy in units with, and without, the Mais Médicos (More Doctors) Program in a municipality in the west of Paraná state, Brazil

Carrer, Andreia; Toso, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira; Guimarães, Ana Teresa Bittencourt; Conterno, Julia Reis; Minosso, Kamila Caroline.
Ciênc. Saúde Colet; 21(9): 2849-2860, Set. 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-795313
Resumo Após dois anos de implantação do Programa Mais Médicos no país, estudar sua viabilidade faz-se necessário. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a efetividade da assistência oferecida na atenção primária, segundo a ótica dos profissionais de saúde, comparando-se unidades com e sem médicos do Programa Mais Médicos. Pesquisa quantitativa que utilizou para coleta de dados, o instrumento Primary Care Assesment Tool — Brasil, versão para profissionais de saúde, na totalidade das unidades de saúde da família, em município de médio porte, no interior do Paraná, de novembro de 2015 a fevereiro de 2016. Abrangeu 72 profissionais, 47 alocados em unidades da estratégia saúde da família e 25 nessas unidades contendo o programa. Os resultados evidenciaram que os escores dos atributos essencial (6,93) e geral (7,10) obtiveram valores considerados orientados aos preceitos da atenção primária, em ambas as unidades. Contudo, a acessibilidade (4,17), em ambas as unidades e coordenação — sistema de informações (6,57), em unidades com o Programa Mais Médicos, não atingiram avaliação satisfatória, o que remete à necessidade de alteração na organização da estratégia saúde da família, independente da implantação desse programa.
Abstract Two years after the Mais Médicos (More Doctors) Program, (Programa Mais Médicos — PMM) was put in place in Brazil, there is a need to study its feasibility. This study aims to evaluate the effectiveness of the primary healthcare service offered, from the point of view of the health professionals, comparing units which have, and which do not have, doctors from the Mais Médicos Program. It is a quantitative survey, using for data collection the instrument Primary Care Assessment Tool — Brazil, Version for Health Professionals, applied across the totality of the family health units in a medium sized municipality in the interior of the southern Brazilian State of Paraná, from November 2015 to February 2016. It covered 72 professionals, 47 of them allocated in Family Health Strategy (FHS) units and 25 in FHS units containing the Program. In both groups the scores for core attributes (6.93) and general attributes (7.10) were considered to be appropriate to the precepts of primary healthcare. However, the attributes accessibility (4.17), in both groups, and coordination — information system (6.57), in units with the Mais Médicos Program, did not reach the satisfactory level, indicating a need to alter the organization of the Family Health Strategy, whether the PMM program is implemented or not.
Biblioteca responsável: BR1.1