Your browser doesn't support javascript.

Plataforma de Conhecimentos

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Atenção Básica à Saúde após o Programa Mais Médicos: percepção dos usuários

Cardoso, Osmar de Oliveira.
Projetos de Pesquisa em Português | Pesquisas PMM | Em andamento | ID: pesqpmm-377
Instituição do pesquisador: Não Universitária
Nome da instituição: Não informada
Resumo: O governo brasileiro tem investido em um conjunto de ações nos últimos anos visando reestruturar o Sistema Único de Saúde (SUS), com foco na Atenção Básica (AB). Neste contexto, o Programa Mais Médicos (PMM) tem atuado nas regiões carentes e com escassez de médicos no intuito de provocar mudanças importantes nas realidades locais em diferentes âmbitos, como a melhoria do acesso a serviços de saúde e o provimento e ampliação das Unidades Básicas de Saúde (UBS). O estado do Piauí possui investimentos em todos os eixos do programa, uma vez que, possui diversas áreas carentes e vulneráveis. Assim, este trabalho busca verificar no município de Parnaíba como a presença do profissional do PMM tem impactado a avaliação dos usuários em relação aos serviços das Equipes de Atenção Básica (EAB). Para isso, far-se-á a abordagem metodológica com o uso do recurso de Avaliação da Atenção Primária (PCATool – Primary Care Assessment Tool-Brasil) viabilizado pelo Ministério da Saúde (MS) (BRASIL, 2010) como instrumento de entrevista dos usuários das EAB com profissionais ou não do PMM. O tratamento estatístico dos dados basear-se-á na utilização do Manual do Instrumento de Avaliação da Atenção Primária à Saúde do MS (BRASIL, 2010), teste-F, teste-T, teste Qui-quadrado e regressão logística. Para mais, os trâmites legais serão baseados na Resolução nº466/2012 do Conselho Nacional de Saúde, sendo que o projeto de pesquisa será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa Humana (CEP) da Universidade Federal do Piauí e ademais, será apresentado à Secretaria Municipal de Saúde de Parnaíba-PI para consentimento da sua realização. Por fim, os resultados esperados estão no eixo de visualização de como o PMM tem impactado nas dimensões que compõem a AB; servindo assim, na aplicação de formulação de medidas e políticas cada vez mais adequadas a realidade local e fortalecendo a restruturação do SUS.
Objetivos: Verificar no município de Parnaíba como a presença do profissional do PMM impactou a avaliação dos usuários em relação aos serviços das Equipes de Atenção Básica (EAB).Objetivos Específicos:- Identificar as diferenças na avaliação entre as EAB com profissionais do PMM e as EAB sem profissionais do PMM.- Verificar o nível de satisfação dos usuários dos serviços das EAB após a implantação do PMM.- Verificar se a demanda de serviços aumentou após a implantação do PMM nessas equipes.- Comparar os dados coletados com os objetivos propostos pelo PMM (Lei No 12.871, de 22 de Outubro de 2013).
Tipo de pesquisa: Estudos especiais
Tipo de pesquisa (Estudos Especiais): Pesquisa quantitativa
Abrangência: Municipal
Região: Nordeste
Cidade / Município: Parnaíba
Estado: Piauí
País: Brasil
Tipo de monografia, dissertação ou tese: Mestrado
Nome do orientador: Cardoso, Osmar de Oliveira
Data de início: 23/05/2016
Data provável de finalização da pesquisa: 29/12/2017
Data de finalização da pesquisa: 29/12/2017
Equipe de pesquisadores: Silva Junior, Rosalves Pereira da; Cardoso, Tauani Zampieri; Pedrosa, José Ivo dos Santos
Fonte de Financiamento: Próprio
Taxonomia PMM: Atenção Primária à Saúde
Trata-se de um estudo descritivo com abordagem quantitativa. Será utilizado o Instrumento de Avaliação da Atenção Primária (PCATool – Primary Care Assessment Tool-Brasil) viabilizado pelo Ministério da Saúde (MS) (BRASIL, 2010) como instrumento de entrevista dos usuários das EAB com profissionais ou não do PMM.O universo de estudo será constituído por usuários adultos de cada Equipe de Atenção Básica do município de Parnaíba, PI.