Your browser doesn't support javascript.

Plataforma de Conhecimentos

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Mapeamento da produção científica sobre o Programa Mais Médicos (2013-2016): contribuição ao debate sobre a mudança do modelo de atenção à saúde no SUS

Rios, David Ramos da Silva.
Projetos de Pesquisa em Português | Pesquisas PMM | Finalizada | ID: pesqpmm-731
Instituição do pesquisador: Universitária
Nome da instituição (Universidade): Universidade Federal da Bahia
Nome da instituição (Faculdade): Faculdade de Medicina da Bahia
Resumo: Introdução: O Programa Mais Médicos (PMM) foi instituído pela lei No 12.871 de 22 de Outubro de 2013 e estrutura-se em três pilares (provimento emergencial de médicos, educação médica, e infraestrutura), buscando reduzir as desigualdades regionais na área da saúde, garantindo, assim, um acesso igualitário e integral a todos. Objetivo:O projeto " Mapeamento da Produção científica sobre o Programa Mais Médicos (2013-2016): contribuição ao debate sobre a mudança do modelo de atenção à saúde no SUS” objetivou realizar uma revisão sistemática da literatura sobre o Programa Mais Médicos, em diferentes bases de dados (Biblioteca Virtual em Saúde, Periódicos da Capes, Plataforma de Pesquisa do Programa Mais Médicos), buscando discutir se os resultados alcançado pelo PMM contribuem ou não para a mudança do modelo de atenção no SUS. Metodologia: A metodologia contemplou a identificação e classificação dos trabalhos - artigos, dissertações e teses publicadas entre os anos de 2013 a 2016, os quais foram classificados segundo um conjunto de variáveis a saber: a) ano de publicação; b) tipo de trabalho (artigo, dissertação e tese); c) temas e subtemas (provimento, distribuição, formação médica, qualidade da atenção) abordados; d) procedência institucional dos pesquisadores, identificada a partir da informação colocada no artigo, dissertação ou tese; e) resultados empíricos apresentados em trabalhos apresentados referentes à distribuição territorial dos médicos inseridos no programa, proporção médico/habitante, características da relação médico/paciente, satisfação dos profissionais e usuários com o programa, por exemplo. Resultados e Conclusão: Pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento tem analisado o programa Mais Médicos. Os estudos analisados demonstram um alteração dos modelos de atenção em saúde, redução das iniquidades, melhoria da relação médico/paciente, e diferentes posicionamentos de diversos setores e atores sociais sobre o programa. A realização de tal pesquisa poderá subsidiar modificações no programa e estimular a conformação de novas linhas de pesquisa na área.
Objetivos: Realizar uma revisão sistemática da literatura sobre o Programa Mais Médicos, em diferentes bases de dados (Biblioteca Virtual em Saúde, Portal de Periódicos da Capes, Plataforma de Pesquisa do Programa Mais Médicos), no período 2013-2016.
Tipo de pesquisa: Outro
: Revisão sistemática
Abrangência: Nacional
Região: Nordeste
Cidade / Município: Salvador
Estado: Bahia
País: Brasil
Tipo de monografia, dissertação ou tese: Especialização
Nome do orientador: Teixeira, Carmen Fontes de Souza
Data de início: 01/01/2016
Data provável de finalização da pesquisa: 15/01/2017
Data de finalização da pesquisa: 15/01/2017
Equipe de pesquisadores: Rios, David Ramos da Silva; Teixeira, Carmen Fontes de Souza
Fonte de Financiamento: Governamental
Taxonomia PMM: Avaliação do Programa, Avaliação de Serviços
1 - Identificar os principais temas de pesquisa referentes ao Programa Mais Médicos;2 - Identificar a procedência institucional dos pesquisadores que estudam o PMM;3 - Analisar os resultados apresentados em estudos sobre o PMM selecionados.4 - Discutir se os resultados alcançado pelo PMM contribuem ou não para a mudança do modelo de atenção no SUS