Your browser doesn't support javascript.

Plataforma de Conhecimentos

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Oferta de vagas de graduação e residência médicas no estado do Rio de Janeiro a partir do Programa Mais Médicos (2013-2015) / Offering medical degree and residency positions in the state of Rio de Janeiro from Program More Doctors (2013-2015)

Silva Junior, Aluísio Gomes da; Andrade, Henrique Sater de; Alexandre, Gisele Caldas; Alves, Márcia Guimarães de Mello; Costa, Bruna dos Reis.
Artigo em Português | Coleciona SUS (Brasil) | ID: sus-34474
O Programa Mais Médicos (PMM) se apresenta como uma das principais políticas federais para o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde (APS). Entretanto, a dimensão da formação profissional foi pouco avaliada pela literatura. Este artigo teve como objetivo descrever os resultados iniciais do PMM no Estado do Rio de Janeiro em relação ao eixo da formação médica, desde a implantação do PMM. Foi realizada uma análise descritiva a partir de dados coletados do Portal Mais Médicos; do E-MEC e do IBGE. Observamos a tendência crescente de privatização da graduação médica identificada também em outros estudos nacionais. O processo de interiorização das vagas de graduação no Estado é evidente, mas não está clara sua contribuição para a fixação dos médicos nos municípios. A expansão dos programas de residência médica no interior, em especial de MFC, pode diminuir a concentração de médicos na capital do Estado e facilitar a fixação no interior.(AU)
The More Doctors Program (PMM) is one of the main federal policies in order to improve Primary Health Care (PHC). However, its professional education aspect was few evaluated by medical literature. This article aims to describe the initial results of PMM in Rio de Janeiro State, related to the medical education during the first two years of the program implementation. A descriptive analysis using secondary data collected from PMM website, Education Ministry and IBGE was realized. As results, we have observed a progressive tendency of privatization on the medical colleges, also identified by other national studies. The increase of graduation vacancies outside the capital was evident, but it may not contribute to the physicians setting on those cities; neither guarantee their future insertion into PHC programs. The expansion of residence programs outside the capital, specially Family Practice programs, may reduce the physicians concentration in the capital
Biblioteca responsável: BR1.1