Your browser doesn't support javascript.

VHL Regional Portal

Information and Knowledge for Health

Home > Search > ()
Print Export

Export format:

Export

Export:

Email
Add more contacts

Send result
| |

Plano de intervenção para controle de hipertensão arterial da população assistida pela equipe de Saúde da Família da UBS Luiz Vieira Timoteo em Campo Alegre-Al

Open educational resource in Pt_BR | CVSP - Brazil | ID: cvsp-brasil--oai:ares.unasus.gov.br-acervo:ARES-9616

Abstract

A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença comum em todo o mundo e acomete jovens, adultos e idosos, pessoas de ambos os sexos, de todas as raças e de qualquer padrão social;é uma condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados de pressão arterial (PA). Associa-se freqüentemente a alterações funcionais e/ou estruturais dos órgãos-alvo (coração, encéfalo, rins e vasos sanguíneos) e a alterações metabólicas, com conseqüente aumento do risco de eventos cardiovasculares fatais e não-fatais; os fatores de risco tais como obesidade, sedentarismo, hábitos inadequados de alimentação, baixos níveis de escolaridade e analfabetismo, causam aumento e manutenção dos casos de Hipertensão Arterial, além da não adesão ao tratamento. Este trabalho teve como objetivo elaborar um plano de intervenção para aumentar a adesão ao tratamento de hipertensão arterial sistêmica de pacientes com HAS assistidos pela equipe de saúde da família na UBS Luis Vieira Timóteo de Campo Alegre/AL. O primeiro passo foi levantar os principais problemas vivenciados pela população, utilizando o diagnóstico Situacional como ferramenta para viabilizar essa etapa do processo. As informações do diagnóstico situacional foram obtidas por meio do método de Estimativa Rápida, no qual foi possível detectar os principais problemas de saúde e as formas de atuação sobre eles, identificar os atores envolvidos, a viabilidade política, os recursos necessários e os meios a serem utilizados para que o objetivo pudesse ser alcançado. Para embasar toda construção do projeto foi elaborada uma revisão narrativa da literatura cujas fontes foram: documentos do Ministério da saúde publicados em sites oficiais, periódicos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), na base de dados Scientific Eletronic Library Online (SciELO) e sites da OMS e IBGE. Foram utilizados como descritores:hipertensão arterial, fatores de riscos, saúde da família e atenção primária á saúde. O recorte temporal dos artigos selecionados foi entre os anos de 2005 e 2016. Foram propostas intervenções que possam impactar na redução da incidência da HAS,além de minimizar os possíveis fatores de riscos implicados na piora da evolução da HAS. Para o desenvolvimento do Plano de Intervenção foi utilizado o Método do Planejamento Estratégico Situacional (PES). Concluiu-se que a maioria dos pacientes assistidos pela equipe da área de abrangência da UBS Luiz Vieira Timóteo tem hábitos alimentícios inadequados, e que alguns moram sozinhos, favorecendo o não cumprimento do tratamento conforme proposto. Neste sentido, ficou evidenciada a necessidade urgente de intervenção no atendimento dos pacientes hipertensos para que haja de fato um controle da situação da hipertensão arterial sistêmica na área assistida pela equipe