Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mas contactos

Enviar resultado
| |

Evidências de revisões sistemáticas Cochrane sobre o uso do hormônio do crescimento

Diagn. tratamento; 22(3): 137-143, Jul.-Aug. 2017.
Artículo en Portugués | LILACS-Express | ID: biblio-848027

Resumen

Contexto: O hormônio do crescimento recombinante humano (rhGH) tem sido considerado como opção terapêutica em diversas situações clínicas. Objetivo: Avaliar evidências de revisões sistemáticas (RS) Cochrane sobre eficácia e segurança do rhGH em diversos contextos. Métodos: Revisão de revisões sistemáticas (RS) Cochrane com descrição qualitativa dos resultados. A busca foi realizada na Biblioteca Cochrane; três pesquisadores avaliaram as revisões quanto aos critérios de inclusão. Resultados: Foram encontradas oito revisões sistemáticas que preencheram os critérios de seleção e concluíram que o uso do rhGH parece ter algum benefício: (a) na doença renal crônica em crianças (aumento da velocidade de crescimento); (b) na fibrose cística (melhora altura, peso e ganho de massa magra); (c) para queimaduras extensas (cicatrização mais rápida da ferida e da área doadora); (d) na síndrome de Turner (aumento da estatura final); (e) na baixa estatura idiopática (aumento da estatura final); (f) na fertilização in vitro (aumento das taxas de gravidez e de nascidos vivos). Não há evidências de benefícios do uso de rhGH na síndrome do intestino curto e na hipofosfatemia ligada ao X. Conclusão: As RSs sugerem que há benefícios no uso de rhGH em pacientes com síndrome de Turner, baixa estatura idiopática, doença renal crônica em crianças, fibrose cística, queimaduras extensas, e durante procedimentos de fertilização in vitro. Porém, para a maioria dos desfechos avaliados nessas situações clínicas, a qualidade das evidências é moderada a muito baixa, confirmando a necessidade de melhores estudos para recomendação dessas intervenções na prática clínica.
Biblioteca responsable: BR171