Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Atividade de vigilância em saúde do trabalhador no SUS / Worker's health surveillance activity in SUS

São Paulo; s.n; 2018. 173 p.
Tesis en Portugués | LILACS | ID: biblio-911984
Presentada en Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental para obtención del grado de Doutor. Tutor: Vilela, Rodolfo Andrade de Gouveia.
Este estudo analisou o modelo atual de Vigilância em Saúde do Trabalhador no Estado de São Paulo e explorou desafios, possibilidades e obstáculos para a efetiva atuação dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST). A Teoria da Atividade constituiu referencial para sistematização e análise dos dados, com o objetivo de compreender a atividade de Vigilância dos Acidentes de Trabalho em uma perspectiva sistêmica. As opiniões dos profissionais sobre o que fazem, seus problemas e contradições constituíram material privilegiado deste estudo, somado ao levantamento da literatura pertinente e análise documental de legislação e instrumentos de gestão do SUS. Foi possível constatar que a Vigilância dos Acidentes de Trabalho lida com a multiplicidade e complexidade de seu objeto e seus elementos divergem, se agrupam e se contradizem a todo momento. Verificou-se que o cotidiano dos serviços impõem modos de fazer que muitas vezes não são condizentes com as expectativas dos sujeitos. A informação e planejamento das ações foram identificados como peças fundamentais de organização da atividade. Críticas apresentadas ao modelo atual foram apontadas, para serem analisadas e repensadas, visando estruturar coletivamente ações que, ao mesmo tempo, apoie os serviços em sua atividade e resulte em melhoria das condições de trabalho. Muitas faces desta temática não se esgotaram neste estudo, ensejando encaminhamentos para futuras discussões. O estudo trouxe elementos que implicam na re-focalização do que está sendo realizado até o momento. A intervenção proposta no Laboratório de Mudanças parece ser um caminho a ser trilhado em relação ao desenvolvimento futuro da atividade de Vigilância dos Acidentes de Trabalho. Esta pesquisa iniciou um diagnóstico sobre a situação da atividade, as práticas atuais, os principais problemas enfrentados e os principais conceitos e ferramentas utilizados. Porém, para haver mudanças é necessário recolocar em cena os sujeitos para que analisem a estrutura do sistema da atividade, com a ajuda do intervencionista, a partir de uma gama de instrumentos, de modo a analisar com profundidade as contradições e seus impactos e buscar coletivamente na modelagem de novas soluções
Biblioteca responsable: BR67.1
Ubicación: BR67.1; DR1427