Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

O cotidiano de trabalho de profissionais da estratégia saúde da família na atenção à saúde do idoso / The daily work of professionals of the Family Health Strategy in the attention to the health of the elderly

Belo Horizonte; s.n; 2018. 130 p. ilus, mapa.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-916510
Presentada en Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtención del grado de Doutor. Tutor: Alves, Marília.
O envelhecimento populacional evidencia a necessidade de organização dos serviços de saúde e de novas práticas que contemplem as especificidades da população idosa, em especial na Estratégia Saúde da Família (ESF) como porta de entrada preferencial para usuários ao sistema de saúde. Este estudo tem como objetivo geral analisar o cotidiano de trabalho de profissionais da ESF na atenção à saúde do idoso. Foi realizado um estudo de caso único, de abordagem qualitativa, fundamentado nos estudos do cotidiano de Michel de Certeau. Participaram do estudo 21 profissionais de equipes de Saúde da Família (médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde) e três ocupantes de cargos estratégicos, do município de Montes Claros, Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio de entrevista com roteiro semiestruturado e observação, no período de maio a julho de 2016. As entrevistas foram submetidas à Análise de Conteúdo Temática e as observações realizadas enriqueceram o processo de análise dos dados. Foram organizadas quatro categorias de análise: "O fazer cotidiano de profissionais de equipes de Saúde da Família na atenção à saúde do idoso"; "Fluxos de atendimento ao idoso: entre mapas e percursos"; "Em vista do que tinha já melhorou bastante"; e "Perspectivas para a atenção ao idoso na ESF: necessidade de efetivar e definir novas estratégias". A primeira categoria revelou um fazer cotidiano centrado nas estratégias normatizadas pelo Ministério da Saúde, priorizando patologias e atenção à mulher e criança, sem atividades específicas para a população idosa. Os profissionais usam táticas para incluir idosos em consultas médicas, priorizá-los nas visitas domiciliares e grupos de educação em saúde, fazendo adaptações. A segunda categoria descreve os fluxos formais de encaminhamento de idosos pela ESF para serviços de referência do município e rupturas decorrentes do desconhecimento dos profissionais sobre os atendimentos nestes serviços; critérios para referenciamento do idoso; demora no atendimento nos serviços de referência; dificuldades na contrarreferência e da ESF em executar o plano terapêutico. A terceira categoria mostra como aspectos favoráveis à atenção ao idoso, a proximidade da ESF com os domicílios dos usuários, acesso a consultas médicas e a medicamentos, visita domiciliar e atividades de grupo. A quarta categoria trata das estratégias a ser efetivadas na ESF, como a capacitação profissional; práticas de prevenção e promoção da saúde; uso de instrumentos específicos para o acompanhamento da saúde do idoso; melhorias na infraestrutura das unidades; aumento de cotas de exames e consultas especializadas. Os profissionais perspectivam novas estratégias para a atenção à saúde do idoso na ESF, como a redução do número de usuários cadastrados nas equipes e política municipal do idoso. Conclui-se que, o cotidiano de trabalho de profissionais de equipes de Saúde da Família é marcado por estratégias gerais de atenção à população e necessita de ações específicas para a população idosa, o que requer novos modos de fazer pelos sujeitos praticantes na atenção ao idoso.(AU)
Biblioteca responsable: BR21.1
Ubicación: BR21.1, SICO; T-WA300