Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

A Vigilância Alimentar e Nutricional brasileira na produção científica e nos serviços de saúde / The Brazilian Food and Nutrition Surveillance in scientific literature and public health services

São Paulo; s.n; 2016. 157 p.
Tese em Português | LILACS | ID: BIBLIO-831929
Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Nutrição para obtenção do grau de Mestre. Orientador: Jaime, Patrícia Constante.

Resumo

Introdução: A Vigilância Alimentar e Nutricional (VAN) é um conjunto de estratégias de Vigilância em Saúde, incluindo o Sistema Nacional de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), para monitorar e analisar continuamente as condições alimentares e nutricionais da população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), com o objetivo de subsidiar ações, programas e políticas. Objetivos: Descrever a produção científica brasileira recente sobre VAN e analisar em que medida a concepção presente nos trabalhos se aproxima do conceito estabelecido na Política Nacional de Alimentação e Nutrição (2012); e descrever as coberturas da avaliação do estado nutricional e do consumo alimentar da população usuária de serviços públicos de saúde registrada no SISVAN Web, entre 2008 e 2013. Métodos: O presente estudo está organizado em dois eixos metodológicos: uma revisão bibliográfica sobre o conceito de VAN presente na produção científica brasileira recente e dois estudos originais ecológicos com descrição das coberturas da avaliação do estado nutricional e do consumo alimentar a partir dos dados do SISVAN Web. Resultados: Na revisão bibliográfica, foram identificados artigos majoritariamente voltados para a análise de inquéritos populacionais, com menor contribuição sobre sistemas de informação em saúde e avaliação de serviços de saúde. Nos estudos originais, a cobertura total média do estado nutricional no Brasil variou de 9,78 por cento a 14,92 por cento ; e a do consumo alimentar variou de 0,13 por cento a 0,41 por cento . Ambas apresentaram tendência estatisticamente significativa de aumento e diferenças entre as unidades da federação e macrorregiões. Verificou-se a priorização da VAN voltada para o público materno-infantil, a proveniência dos dados de estado nutricional relacionada ao público prioritário do Programa Bolsa Família, e de consumo alimentar relacionada à presença de nutricionistas na Atenção Básica
Introduction: The Food and Nutrition Surveillance (FNS) is a set of surveillance strategies within the Health Surveillance, which includes the National Food and Nutrition Surveillance System (Sistema Nacional de Vigilância Alimentar e Nutricional - SISVAN), that aims at continuously monitoring and analyzing the food and nutritional status of the population attended by the Brazilian National Health System (Sistema Único de Saúde - SUS) and supporting actions, programs and policies. Objectives: to describe the Brazilian scientific literature on FNS and analyze to what extent the studies approach is linked/associated to the concept of the National Food and Nutrition Policy (2012); to analyze the coverage of the assessment of the nutritional status and the food intake of the users of the public health services registered on the Web SISVAN between 2008 and 2013. Methods: This study is organized in two methodological axes: a literature review on the concept of FNS present in recent Brazilian scientific production and two original ecological studies describing the assessment of the coverage of the nutritional status and food intake from the Web SISVAN data. Results: In the literature review, we found that the papers were mainly focused on the analysis of population surveys with smaller contribution of studies on health information systems and evaluation of health services. In the original studies, the average full coverage in Brazil ranged from 9.78 per cent to 14.92 per cent for the nutritional status and from 0.13 per cent to 0.41 per cent for the food intake. Both showed statistically significant trends of increase and differences between the Brazilian Federal Units and macro-regions. The FNS was prioritized for mother-child pairs, priority public of the Bolsa Familia Program, in the case of nutrition status data, and related to the presence of nutritionists in the primary healthcare services, in the case of food intake data
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1; MTR 2215