Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Proposta de protocolo para descontaminação de equipamentos em unidade de terapia intensiva / Propuesta De Protocolo Para Descontaminación De Equipos En Unidad De Terapia Intensiva / Protocol Proposal For Decontamination Of Equipment In Intensive Therapy Unit

Rev. enferm. Cent.-Oeste Min; 7Jul. - Dec. 2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32871

OBJETIVO:

Analisar a contaminação de equipamentos em uma unidade de terapia intensiva antes e após a limpeza e desinfecção e propor um protocolo para descontaminação.

MÉTODOS:

Foram utilizados 14 swabs estéreis, umedecidos com soro fisiológico 0,9%,rolados em seu próprio eixo, antes e imediatamente depois da limpeza e desinfecção com álcool 70%, sobre superfícies de equipamentos de manipulação coletiva, em uma unidade de terapia intensiva, para realização de cultura laboratorial.

RESULTADOS:

Na pré-desinfecção, apresentaram crescimento de staphylococcus coagulase negativo, a mesa de cabeceira, o teclado de computador e o telefone. O telefone continuou contaminado após a limpeza e desinfecção. A bancada de preparo de medicamento, o glicosímetro, a escala de enfermagem e o monitor não apresentaram contaminação antes nem após a limpeza /desinfecção.

CONCLUSÃO:

A contaminação de equipamentos na unidade de terapia intensiva e a desinfecção com álcool 70% foi comprovada; porém, é necessário observar, em cada unidade, a técnica de limpeza utilizada, principalmente nestes mesmos instrumentos que, frequentemente, são tocados pela equipe de saúde, propondo um protocolo para sua respectiva descontaminação(AU)
Biblioteca responsável: BR1259.1
Localização: BR1259.1