Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Irlen syndrome: systematic review and level of evidence analysis / Síndrome de Irlen: revisão sistemática e análise do nível de evidência

Arq. neuropsiquiatr; 77(3): 194-207, Mar. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1001343

RESUMO BACKGROUND:

A síndrome da sensibilidade escotópica, posteriormente denominada síndrome de Meares-Irlen ou simplesmente síndrome de Irlen (SI), foi descrita como indivíduos com sintomas de baixa capacidade de leitura devido à combinação de cores e distorções nas imagens. Indivíduos com essa síndrome podem apresentar leitura lenta e ineficaz, com baixo nível de compreensão e fadiga visual. A fisiopatologia da doença ainda é incerta como uma entidade independente ou como parte do espectro da dislexia. No entanto, tratamentos com lentes e filtros coloridos foram propostos com o objetivo de aliviar o efeito do contraste luminoso e melhorar o desempenho de leitura dos pacientes. Outrossim, nenhuma evidência de eficácia do tratamento foi alcançada.

OBJETIVOS:

Obter evidências sobre a etiologia, eficácia diagnóstica e intervenção da SI.

MÉTODOS:

Foi realizada uma revisão sistemática, cobrindo os estudos disponíveis sobre a SI, avaliando os dados disponíveis de acordo com seu nível de evidência, com foco em ferramentas de diagnóstico, intervenções propostas e desfechos relacionados.

RESULTADOS:

Os dados mostram alta heterogeneidade, falta de evidência sobre a existência da SI e eficácia do tratamento.

CONCLUSÕES:

A síndrome descrita e seus tratamentos exigem evidências mais robustas.
Biblioteca responsável: BR1.1