Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Impacto da evolução científica no ensino e na prática odontológica brasileira ao longo dos séculos / Impact of scientific development on Brazilian oral health education and practice through the centuries

Salusvita; 35(2): 207-217, 20160000.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-827269
A história da Odontologia no Brasil iniciou-se de maneira rudimentar com instrumentos primitivos e sem preocupações com higiene. Não havia nenhuma referência à ciência, apenas à prática da profissão. No século XVII, evidencia-se um aumento no número de cáries e maior demanda por serviços odontológicos estéticos. Porém, apenas em 1879 inicia-se o estudo da Odontologia, no Brasil, e outras faculdades começam a se instalar somente a partir do século XX. A comprovação da origem bacteriana da doença cárie e surgimento de mais estudos referentes às doenças bucais ocorreram somente a partir da década de 1940. A fluoretação da água de abastecimento público foi o primeiro procedimento preventivo realizado no Brasil e o primeiro estudo epidemiológico nacional foi realizado em 1986. O Ministério da Saúde declarou que no ano de 2012, a quantidade de atendimentos odontológicos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde foi de 150 milhões de consultas no país, além disso, o governo ampliou o sistema para 90% das cidades brasileiras atingindo uma população de 92 milhões de beneficiados e implementou serviços de promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal. Apesar desse grande avanço, o controle da doença cárie em todas as faixas etárias ainda está longe de ser alcançado. Fazer com que todos os progressos obtidos até o momento cheguem a todos os cidadãos deve ser a meta deste século. (AU)
Biblioteca responsável: BR36.1
Localização: BR275.1