Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

A gerência de enfermagem nos serviços de cardiologia / The management of nursing in the cardiology services

Rio de Janeiro; s.n; dez. 2016. 213 f p. tab.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-836774
Apresentada a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery para obtenção do grau de Doutor. Orientador: Stipp, Marluci Andrade Conceição.

Resumo

O objeto do estudo foi a gerência de enfermagem dos serviços de cardiologia da Região Metropolitana da Grande Vitória. O estudo teve como objetivo geral: analisar a gerência de enfermagem em alta complexidade cardiovascular. Específicos: descrever a estrutura dos serviços de cardiologia na perspectiva da Política Nacional de Atenção Cardiovascular de Alta Complexidade nos hospitais da Região Metropolitana da Grande Vitória; caracterizar o processo de gerência de enfermagem em serviços cardiologia da Região Metropolitana da Grande Vitória; identificar os fatores facilitadores e os limitantes na organização de enfermagem nos serviços de cardiologia em hospitais da Região Metropolitana da Grande Vitória. Metodologia: estudo transversal do tipo descritivo exploratório com análise estatística descritiva, realizado em três hospitais da Grande Vitória. Foram utilizados como fundamentação teórica os conceitos de Donabedian de estrutura e processo. Para caracterizar a estrutura foram utilizadas as recomendações da Política Nacional de Atenção Cardiovascular de Alta Complexidade. Para analisar o processo de gerência foram utilizadas bases conceituais de gerência de enfermagem nos eixos de gerência de pessoas, gerência de informação, gerência da assistência de enfermagem, gerência de equipamentos e gerência administrativa. Os resultados mostraram que a maioria da estrutura estava organizada conforme a Política, entretanto existia a falta de algumas recomendações, de enfermeiras especialistas em cardiologia para alguns serviços e de alguns recursos diagnósticos especializados. A unidade hospitalar exclusiva do Sistema Único de Saúde tinha o menor número de cirurgia e de leitos de Centro de Terapia Intensiva da Região Metropolitana da Grande Vitória. Foi identificado que todas as unidades hospitalares trabalhavam com as variáveis investigadas nos eixos de gerência de enfermagem, todavia em percentuais variados. As facilidades e limitações estavam presentes e equilibradas, com exceção para recursos humanos de enfermagem, que teve a maior limitação. Conclusão: O estudo possibilitou visualizar que as unidades hospitalares de alta complexidade cardiológica contemplavam a maioria das recomendações da política enquanto estrutura, e enquanto processo as unidades hospitalares trabalhavam com as variáveis investigadas nos eixos de gerência, todavia existiam particularidades que precisam ser melhoradas.(AU)
Biblioteca responsável: BR442.1
Localização: BR442.1; D372 EEAN