Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Educação nutricional em universitários e estratégias para promoção de saúde institucional: revisão integrativa / Nutrition education for university students and strategies for institutional health promotion: an integrative review / Educación nutricional de universitarios y estrategias de promoción de la salud institucional: revisión integrativa

Rev. bras. promoç. saúde (Impr.); 30(2): 264-274, 06/06/2017.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | ID: biblio-847727

OBJETIVO:

Refletir sobre o ambiente universitário como espaço promotor de saúde nutricional enfatizando as estratégias utilizadas.

MÉTODOS:

Realizou-se uma revisão integrativa de literatura nas bases eletrônicas Scopus, MEDLINE, LILACS e SciELO utilizando os descritores: Nutrition Education, University Students, College Studens e Health Promotion. Incluiram-se os estudos publicados entre os anos de 2010 e 2015, originais, em língua portuguesa, inglesa ou espanhola, e que tivessem estratégia de intervenção nutricional em população de estudantes universitários bem definida. Dos 649 estudos revisados, após análise de títulos, resumos e texto integral, foram incluídos 18 artigos, todos realizados fora do Brasil.

RESULTADOS:

Observou-se o ambiente universitário como potencial promotor de saúde no que tange ao contexto internacional, porém ainda incipiente no contexto nacional. Resultados positivos de mudança de comportamento alimentar após intervenções foram observados, embora sem avaliações a longo prazo. As principais abordagens identificadas foram intervenções práticas e teóricas com base na teoria social cognitiva e na motivacional.

CONCLUSÃO:

O ambiente universitário possui grande potencial para promoção de saúde nutricional e as estratégias mais efetivas foram as que apresentaram uma condução baseada na teoria social cognitiva. No entanto, esse ambiente tem sido pouco explorado em nível nacional, e, para mudar essa realidade, faz-se necessária uma ressignificação das estratégias utilizadas e das políticas públicas e ações intersetoriais que sustentem essa prática, inserindo-a na identidade social do ensino superior no Brasil.
Biblioteca responsável: BR1881.9