Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Saberes e práticas compartilhados com clientes renais a transplantar: educação em saúde para o cuidado de si / Knowledge and shared practices with renal clients to be transplanted: health education for the care of self

Rio de Janeiro; s.n; maio 2017. 167 f p. tab, graf.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-859022
Apresentada a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery para obtenção do grau de Mestre. Orientador: Teixeira, Maria Luiza de Oliveira.
O objeto deste estudo centra-se nos saberes e práticas dos clientes renais crônicos sobre o cuidado de si no pré e no pós- transplante. Os objetivos: descrever os saberes e práticas do cliente renal crônico sobre o cuidado de si no pré e no pós- transplante; analisar esses saberes e práticas na ótica do cuidado de si e elaborar estratégia educativa a partir do compartilhamento de saberes e práticas do cliente e do profissional. Estudo qualitativo, norteado pelos conceitos da teoria problematizadora de Freire na construção e na produção dos dados aliado ao método de pesquisa convergente-assistencial. Os participantes foram 11 clientes a transplantar em um hospital universitário do Rio de Janeiro. As etapas de desenvolvimento da pesquisa consistiram em: assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido; perfil sociocultural e econômico dos participantes da pesquisa; discussões individuais; construção do material educativo através da metodologia participativa e problematizadora, resultante do compartilhar de saberes e práticas dos clientes renais a transplantar. Emergiram três categorias, através da análise de conteúdo: saberes e práticas dos clientes portadores de insuficiência renal crônica a transplantar acerca do transplante; fontes de informação e de aprendizagem acerca do transplante dos clientes portadores de insuficiência renal crônica e avaliação dos cuidados compartilhados pelos clientes com a enfermeira-pesquisadora. Os resultados revelaram o desconhecimento da doença, dos sinais e dos sintomas e a perda da autonomia de alguns clientes na escolha da terapia de substituição, devido à demora na descoberta da doença. E que os clientes possuem saberes e práticas do senso comum, pautados em experiências, vivências e crenças, as quais devem ser consideradas e respeitadas. Tais princípios norteiam o pensamento freiriano, sustentado na prática dialógica, segundo a qual pensamos no homem como protagonista do seu cuidado, na valorização das relações humanas e na compreensão de que o indivíduo é capaz de desenvolver o senso crítico e a reflexão sobre o cuidado de si, através do compartilhamento de saberes proporcionado pelo método utilizado na pesquisa PCA. Os saberes e as práticas são construídos com o cliente e não para o cliente, e o sujeito é participante autônomo da decisão e da escolha. A educação, por meio de diálogo e de uma conduta ética em um processo gerador de reflexão e de mudanças, transformou saberes ingênuos em consciência crítica para o cuidado de si no pré e no pós-transplante e contribuíram para a elaboração conjunta da cartilha através da articulação entre a prática e os saberes comuns e científicos de uma tecnologia educativa.(AU)
Biblioteca responsável: BR442.1
Localização: BR442.1; T816 EEAN