Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Ação do exercício de subida em escada com sobrecarga na morfologia do músculo tibial anterior de ratos Wistars após axonotmese / Action of the climbing ladder exercise with overload in the morphology of the anterior tibial muscle of wistars rats after axonotmesis

Conscientiae saúde (Impr.); 16(1): 20173341, 31 mar. 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-868440

OBJETIVO:

avaliar histomorfometrica e morfologicamente o músculo tibial anterior de ratos submetidos à axonotmese e tratados com exercício.

MÉTODOS:

foram randomizados 28 ratos Wistar nos grupos controle (GC), exercício (GE), lesão (GL) e lesão+exercício (GLE). No terceiro dia após compressão, GE e GLE realizaram exercício de subida em escada, com duas séries de dez repetições. Após 21 dias, o músculo tibial anterior foi processado para microscopia de luz.

RESULTADOS:

Na análise morfológica GC apresentou morfologia com aspecto característico, GE hipertrofia muscular, GL alterações morfológicas, como fibras polimórficas e núcleos centrais, e GLE aspecto semelhante ao controle, porém com algumas alterações. Na área de secção transversa e menor diâmetro das fibras GC e GE apresentaram valores maiores, o inverso da análise de vasos sanguíneos. Para o tecido conjuntivo, GE apresentou-se menor que o GL.

CONCLUSÃO:

O protocolo de exercício promoveu melhora nos aspectos histomorfológicos, mas não reverteu totalmente os efeitos deletérios. (AU)
Biblioteca responsável: BR1887.9