Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Associação entre a religiosidade e a cessação do tabagismo em usuários atendidos pela Estratégia Saúide da Família / Association between religiosity and cessation of smoking in users served by family health strategy

Rio de Janeiro; s.n; ago. 2017. 109 f p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-879966
Apresentada a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery para obtenção do grau de Mestre. Orientador: Mattos, Larissa Rodrigues.
O presente estudo teve como objetivo geral investigar a participação da religiosidade como fator associado na cessação do tabagismo em pacientes cadastrados no Programa de Tratamento do Tabagismo na Atenção Básica na modalidade Estratégia Saúde da Família. Para tanto, realizou-se um estudo longitudinal, de caráter descritivo, que utilizou dados de dois diferentes momentos da vida dos participantes. A amostra contou com 100 indivíduos residentes em áreas adscritas às duas unidades básicas de saúde na modalidade Estratégia Saúde da Família, no município do Rio de Janeiro, que realizaram a primeira entrevista para ingresso no Programa de Tratamento do Tabagismo das unidades. A coleta de dados aconteceu através de dados secundários e entrevistas face a face em visitas domiciliares, com informações sobre dados sociodemográficos, história tabagística, cessação do tabagismo, meses em abstinência continuada, dados referentes à participação no grupo de tabagismo e a Escala de Religiosidade da Duke (DUREL). A descrição da amostra se baseou em estatísticas descritivas como frequências simples, valores percentuais e medidas de tendência central; as análises bivariadas se basearam no teste qui-quadrado de Pearson, no teste não paramétrico de Mann-Whitney e na correlação; os dados foram digitados e analisados no programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS, versão 19.0). Dentre as características sociodemográficas relacionadas às dimensões da religiosidade, destacou-se que participantes mais velhos apresentaram maior proporção de alta religiosidade organizacional (p = 0,023); indivíduos com menor renda apresentaram maior proporção de alta religiosidade não organizacional (p = 0,030), assim como os mais velhos (p = 0,019); o sexo feminino (p = 0,019) e viver com parceiro (p = 0,015) mostraram maior proporção de alta religiosidade intrínseca. O presente estudo teve como fatores associados à cessação do tabagismo: o sexo masculino (p = 0,028), a participação nas sessões propostas pelo programa de tabagismo (p = 0,005) e o uso de medicações oferecidas pelo SUS (p = 0,049). Verificou-se que não houve associação estatística entre as dimensões da religiosidade estudadas e a cessação do tabagismo; porém, constatou-se que os indivíduos com maior religiosidade organizacional, não organizacional e intrínseca conseguiram ficar, em média, mais meses sem fumar. Com base em tais resultados, evidencia-se a importância do programa no âmbito do SUS e na atenção primária, assim como a elaboração de novas estratégias para maior acesso, adesão e tratamento da população adscrita às atividades propostas pelo Programa Nacional de Controle do Tabagismo. A religiosidade poderia inserir-se como um facilitador do processo motivacional, no qual profissionais de saúde deveriam utilizá-la como mais um mecanismo para fornecer apoio aos tabagistas.(AU)
Biblioteca responsável: BR442.1
Localização: BR442.1; T830 EEAN