Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Perfil dos usuários dos centros de atenção psicossocial: uma revisão integrativa / Profile of the psychosocial care center users: an integrative review / Perfil de los usuarios de los centros de atención psicosocial: una revisión integradora

Rev. baiana saúde pública; 41(4): https://doi.org/10.22278/2318-2660.2017.v41.n4.a2375, jul. 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-910496
A Política Nacional de Saúde Mental assumiu, em 2003, o desafio de prevenir, tratar e reabilitar pessoas com transtornos mentais, sendo os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) referência no tratamento e o serviço articulador do funcionamento da rede. O objetivo deste estudo é analisar produções científicas nacionais e internacionais que caracterizam o perfil dos usuários dos CAPS. Trata-se de revisão integrativa nas bases de dados LILACS e SciELO, publicados de janeiro de 2005 a setembro de 2015. A análise dos dados foi realizada pela codificação e categorização dos conteúdos. Foram encontrados 17 artigos, agrupados e discutidos em três categorias: perfil dos usuários dos CAPS com transtornos neuróticos ou psicóticos graves e persistentes; perfil dos usuários dos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPSad) que fazem uso abusivo ou prejudicial de drogas; perfil das crianças e adolescentes usuários de Centros de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil (CAPSi). Os resultados mostraram que os estudos encontrados na primeira categoria revelaram que os usuários eram na maioria do sexo feminino, com idade entre 28 e 43 anos, com prevalência de transtornos psicóticos. Na segunda categoria, eram do sexo masculino, solteiros, sem ocupação, com utilização prevalente de álcool. Na terceira categoria, a média de idade está entre 9,4 e 11,1 anos, com prevalência de transtornos de comportamento e emocionais; 83,1% das crianças e adolescentes frequentavam escola regular. Concluiu-se que as produções científicas nacionais e internacionais caracterizam o perfil dos usuários dos Centros de Atenção Psicossocial de forma semelhante, de acordo com a população atendida.
Biblioteca responsável: BR800.9