Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Representações sociais da velhice e do cuidado enunciadas por acadêmicos de fonoaudiologia e de enfermagem / Social representations of old age and care enunciated by speech-language and nursing academics / Representaciones sociales de la vejez y del cuidado enunciadas por académicos de fonoaudiología y de enfermería

Distúrb. comun; 30(2): 402-410, jun. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-911491

OBJETIVO:

Analisar as representações sociais que estudantes de fonoaudiologia e de enfermagem têm sobre a velhice e sobre o cuidado ao idoso.

MÉTODOS:

Pesquisa qualitativa, fundamentada na Teoria das Representações Sociais. Participaram do estudo 25 acadêmicos, matriculados em duas universidades públicas e duas privadas, situadas no Sul do Brasil. Para a coleta das informações utilizou-se de entrevista semiestruturada, composta por questões abertas, que foram gravadas em mídia digital. Os dados da pesquisa foram organizados segundo o método do Discurso do Sujeito Coletivo.

RESULTADOS:

As representações sociais dos acadêmicos possibilitaram a organização de ideias centrais, ancoragens e do próprio Discurso do Sujeito Coletivo, indicando que, por um lado, os cuidados voltados aos idosos são fundamentados apenas no seu declínio físico, sendo o idoso destituído do seu poder de decisão e a velhice infantilizada. Por outro lado, as representações sociais dos estudantes, também, mostraram que a reciprocidade na relação entre cuidador e sujeito idoso pode dinamizar o processo de cuidar, ultrapassando estereótipos negativos sobre a velhice.

CONCLUSÕES:

A construção representacional sobre o cuidado voltado ao idoso, imbuída de estereótipos que resultam em um olhar negativo da velhice, merece atenção durante a formação de profissionais de saúde.
Biblioteca responsável: BR195.3