Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Exercício físico e comprimento dos telômeros: uma revisão sistemática nas disfunções crônico-degenerativas / Physical exercise and telomere length: a systematic review in chronic-degenerative dysfunctions

Conscientiae saúde (Impr.); 17(2): 211-218, jun. 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-916259

INTRODUÇÃO:

Os telômeros estão localizados nas extremidades dos cromossomos e constituem-se de sequências do DNA e proteínas associadas. O exercício físico parece ter relação com um maior comprimento de telômeros, porém, pouco se sabe sobre o impacto deste na dinâmica telomérica de pessoas com disfunções crônico-degenerativas.

OBJETIVO:

Revisar sistematicamente a literatura a respeito do efeito do exercício no comprimento dos telômeros em pessoas com disfunções crônico-degenerativas.

MÉTODOS:

Foram realizadas buscas por dois investigadores independentes nas bases de dados Pubmed, Scopus, Lilacs e Cochrane Controlled Trials Database, analisando publicações nos idiomas inglês e português.

RESULTADOS:

Foram encontrados 845 estudos, onde destes, quatro atenderam aos critérios de elegibilidade e seguiram para síntese.

CONCLUSÃO:

Embora o encurtamento dos telômeros esteja relacionado ao estilo de vida, herança genética e doenças do envelhecimento, ainda não está claro se o exercício físico pode atenuar tal processo de encurtamento de forma significativa em indivíduos com disfunções crônico-degenerativas, como excesso de peso e diabetes.
Biblioteca responsável: BR1887.9