Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Tratamento de disfunções temporomandibulares com toxina botulínica tipo A

RFO UPF; 23(2): 236-241, 24/10/2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-948139

INTRODUÇÃO:

a disfunção temporomandibular (DTM) abrange muitos problemas clínicos nas articulações, na musculatura e em outras regiões da oroface. A origem multifatorial e sua etiologia envolvem fatores psicocomportamentais, oclusais e neuromusculares, seu diagnóstico é realizado pela anamnese detalhada, com a identificação dos fatores predisponentes, iniciadores e perpetuantes, e pelo exame físico, que consiste em palpação da musculatura, mensuração da movimentação ativa e verificação dos ruídos articulares.

OBJETIVO:

sistematizar as evidências científicas e verificar a eficácia do tratamento de disfunções temporomandibulares de origem muscular com a toxina botulínica do tipo A (TBX-A).

MATERIAIS E MÉTODO:

a busca bibliográfica foi realizada nas bases de dados PubMed e SciELO, com os descritores: "myofascial pain", "botulinum toxin" e "masticatory muscles". Foram analisados ensaios clínicos randomizados, que apresentaram tratamento para DTM com a utilização da TBX-A em pacientes de ambos os sexos. A qualidade metodológica dos artigos selecionados foi verificada de acordo com a escala de Jadad.Considerações finais: observou-se que o tratamento para a DTM por meio da TBX-A auxilia no tratamento de dores orofaciais permanentes como coadjuvante, aliado a tratamentos conservadores. Os estudos que demonstraram resultados clínicos significativos utilizaram uma dose total de 100 U de TBX-A, sendo 30 U nos músculos masseteres e 20 U nos músculos temporais, bilateralmente.
Biblioteca responsável: BR1539.9