Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Terapia com antirretrovirais: grau de adesão e a percepção dos indivíduos com HIV/Aids / Terapia con antirretrovirales: grado de adhesión y percepción de individuos con VIH/SIDA / Antiretroviral therapy: compliance level and the perception of HIV/Aids patients

Acta Paul. Enferm. (Online); 31(3): 327-333, Mai.-Jun. 2018. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-949288
Resumo Objetivo Apreender os aspectos relacionados ao grau de adesão de pessoas vivendo com HIV/aids aos antirretrovirais. Métodos Estudo com abordagem qualitativa desenvolvido em duas unidades de internação de um hospital universitário do interior paulista. A produção dos dados ocorreu no período de outubro de 2017 a abril de 2018 com 40 participantes entrevistados, cujo material produzido foi gravado e posteriormente transcrito. A análise e o processamento dos dados foram realizados com apoio na técnica da Classificação Hierárquica Descendente e base fundamentada no Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados Após análise e processamento, obtiveram-se cinco classes de palavras: 1. Questões sócio-econômicas como motivos fundamentais da não adesão aos antirretrovirais; 2. O apoio familiar para o enfrentamento da condição e estímulo para a adesão ao tratamento; 3. Consequências do grau de adesão aos antirretrovirais; 4. Dificuldades de adesão à terapia antirretroviral relacionadas aos efeitos adversos e apresentação medicamentosa; e 5. Possíveis mudanças para melhorar a adesão ao tratamento do HIV. Conclusão As principais dificuldades enfrentadas por pessoas vivendo com HIV/aids hospitalizadas e que estão em adesão irregular são questões sócio-econômicas, apoio familiar e efeitos adversos.
Biblioteca responsável: BR21.1