Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Anticoagulants and antiplatelet drugs during cataract surgery / Anticoagulantes e agentes antiaplaquetários na cirurgia de catarata

Arq. bras. oftalmol; 81(4): 348-353, July-Aug. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-950474
RESUMO Os pacientes submetidos à cirurgia de catarata são geralmente idosos e muitos deles usam drogas com efeitos sistêmicos. No entanto, o cirurgião deve estar ciente dos riscos em manter ou descontinuar medicamentos sistêmicos no pré-operatório da cirurgia de catarata, como os anticoagulantes e os antiplaquetários. Este artigo tem como objetivo revisar a classe de drogas antiplaquetárias e anticoagulantes e orientar o cirurgião de catarata. A classe de fármacos anticoagulantes e antiplaquetária reduz a incidência de eventos potencialmente tromboembólicos. A anestesia tópica ou intracameral nesses pacientes deve ser preferida em relação à anestesia com agulhas. Aspirina pode ser mantida com segurança nos pacientes submetidos à cirurgia de catarata. A varfarina foi amplamente estudada e os riscos na cirurgia de catarata são baixos, no entanto, o INR deve ser controlado. Mais estudos são necessários com anticoagulantes orais diretos. Anestesia na cirurgia de catarata tem baixo risco de complicações, mesmo em uso de anticoagulantes ou antiplaquetários sistêmicos. A descontinuação desta classe de medicamentos no pré-operatório da cirurgia de catarata pode aumentar os riscos sistêmicos tromboembólicos.
Biblioteca responsável: BR1.1