Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Representações de idosos sobre a vacina da gripe / /Representations of the elderly on the influenza vaccine

Ciênc. Saúde Colet; 18(8): 2179-2188, Ago. 2013. tab
Artigo em Português | ENSP, FIOCRUZ | ID: ens-31238
O presente estudo objetivou conhecer as representações sociais de saúde e imunização para idosos vacinados/não vacinados com a Influenza. Adotamos como referencial teórico a Teoria das Representações Sociais, tendo cunho qualitativo. A pesquisa foi desenvolvida com trinta idosos, sendo quinze vacinados contra a gripe e quinze não vacinados. Realizou-se entrevista individual, utilizando questionário para caracterização e Teste de Associação Livre de Palavras (TALP) como instrumentos de coleta. A análise ocorreu através da Teoria do Núcleo Central, pela ordem das evocações. Os dados revelaram diferenças entre as representações para os dois grupos: os idosos vacinados representaram a saúde como sinônimo de bem-estar, que possibilita a manutenção das atividades cotidianas, e a imunização como algo que protege de diversos males; já aqueles não vacinados definiram saúde como produto da vontade divina, e a vacina como algo que protege, mas que causa variadas reações, o que os desencoraja a utilizá-la. O estudo apontou para a importância de educar em saúde e desmitificar o imaginário sobre esta como também acerca de vacinas, uma vez que hábitos saudáveis precisam ser cada dia mais estimulados, minimizando os altos índices de morbimortalidade evitáveis.(AU)
Biblioteca responsável: BR526.1