Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Profiles of cervical screening tests performed in Casa da Mulher, Pará State, Brazil/Perfil dos exames citopatológicos do colo do útero realizados na Casa da Mulher, Estado do Pará, Brasil

Rev Pan-Amaz Saude; 7(3): 51-55, 2016. tab
Artigo em Português | IEC | ID: iec-15728
O câncer cervical costuma apresentar progressão lenta e silenciosa, mantendo-se entre os mais incidentes no Brasil. Seu rastreamento é realizado pelo exame de Papanicolaou, o qual, além da detecção precoce do câncer, permite a pesquisa de agentes infecciosos. Procedeu-se um estudo retrospectivo analítico sobre os resultados do exame de Papanicolaou realizado na Casa da Mulher em Belém, Estado do Pará, Brasil, de setembro de 2012 a agosto de 2013, com dados dos livros de preventivos do câncer de colo do útero (PCCU). No período, foram realizados 2.202 exames PCCU na Casa da Mulher, a maior parte destes (52,36 por cento) proveniente de mulheres na faixa dos 40 a 60 anos de idade. A faixa etária na amostra apresentou fraca correlação positiva (rs = 0,1429) com a frequência de achados microbiológicos e fraca correlação negativa (rs = -0,2571) com a frequência de alterações citopatológicas. Os achados microbiológicos foram identificados em três espécies: Gardnerella vaginalis (23,48 por cento), Candida sp. (12,44 por cento) e Trichomonas vaginalis (0,68 por cento). A prevalência de anormalidades citológicas nos exames foi de 5,72 por cento, não diferindo significativamente (p = 0,7546) das relatadas em outras publicações. As atipias celulares de significado indeterminado corresponderam a 2,679 por cento, ficando abaixo da faixa estimada pelo Instituto Nacional de Câncer. A proporção total das lesões neoplásicas potencialmente malignas (lesão escamosa intraepitelial de alto grau e carcinoma) foi de 1,09 por cento, com maior frequência na faixa etária de 30 a 39 anos. O aumento da cobertura de PCCU na população feminina precisa ser alcançado e a promoção da saúde deve ser efetivada por meio de parcerias intersetoriais, participação popular e responsabilização coletiva pela qualidade de vida (AU)
Cervical cancer usually has silent and slow progression, remaining to be among the most incident cancers in Brazil. Its screening is performed by Pap test which besides detects cancer previously, allows the research of infection agents. A retrospective analytical study about the results of Pap test was conducted in Casa da Mulher, Pará State, Brazil from September 2012 to August 2013 with data from books of prevention of cervical cancer (PCC). During that period, 2,202 PCC tests were carried out at Casa da Mulher, most of them (52.36 percent) from women aged of 40 to 60 years old. The age group in the sample showed a weak positive correlation (r = 0.1429) with the frequency of microbiological findings and weak negative correlation (r = -0.2571) with the frequency of cytological changes. Microbiological findings were identified in three species: Gardnerella vaginalis (23.48 percent), Candida sp. (12.44 percent) and Trichomonas vaginalis (0.68 percent). The prevalence of cytological abnormalities in tests was 5.72 percent and did not differ significantly (p = 0.7546) from the reported ones in other publications. Atypia cells of undetermined significance corresponded to 2.679 percent, below the range estimated by Brazilian National Cancer Institute. The total proportion of potentially malignant neoplastic lesions (high-grade squamous intra epithelial lesion and carcinoma) was 1.09 percent, and it is most frequently between the ages of 30 to 39 years old. The increase in PCC examinations in the female population needs to be achieved and health promotion should be done by intersectoral partnerships, community participation and collective responsibility for the quality of life (AU)
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: BR275.1