Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Unified Medical Care Sector/Setor de Atendimento Médico Unificado:criação, finalidades, contribuição para a vigilância e perspectivas

Rev Pan-Amaz Saude; 7(Ed. esp.): 99-106, 2016. graf, mapas
Artigo em Português | IEC | ID: iec-15849
Estamos presenciando uma complexa transição epidemiológica com a emergência de doenças infecciosas até então desconhecidas e a reemergência de doenças tidas como controladas, sendo o envelhecimento e as mudanças climáticas fatores importantes de vulnerabilidade. O Instituto Evandro Chagas, visando fortalecer sua missão de vigilância em saúde, criou o Setor de Atendimento Médico Unificado a partir de uma demanda de pacientes para esclarecimento diagnóstico de síndrome infecciosa com ênfase em febre prolongada. No decurso do seu nono ano de atuação, o Setor contabiliza 34.057 atendimentos, com média anual de 3.700 pacientes. Dessa demanda, extraem-se informações valiosas para a vigilância epidemiológica e para o fortalecimento do conhecimento sobre doenças emergentes. A febre tifoide e a doença de Chagas, duas das principais causas de febre na região, são exemplos marcantes. Nos últimos cinco anos, foram registrados 308 casos de febre tifoide e a média anual de 15 surtos microepidêmicos de doença de Chagas. A identificação dos agravos tem desencadeado investigações em parceria com as Secretarias Estadual e Municipais de Saúde para o diagnóstico rápido, oportunizando também a geração de evidências científicas potencialmente aplicáveis na atenção e na prevenção. Assim, a criação do serviço de atenção médico-diagnóstica em uma instituição de pesquisa médica visou não apenas fortalecer a pesquisa gerando conhecimento, mas, sobretudo, fortalecer a estratégia de diagnóstico rápido em endemias regionais, além de implementar a pesquisa de aplicação imediata de resultados a populações negligenciadas em sintonia com a resiliência própria do compromisso institucional com a saúde pública (AU)
We are witnessing a complex epidemiological transition with the emergence of previously unknown infectious diseases, and the re-emergence of diseases that were believed to be under control, with aging and climate change as important factors of vulnerability. The Instituto Evandro Chagas created the Unified Medical Care Sector (Setor de Atendimento Médico Unificado) to strengthen its health surveillance mission. This was a result of patients demand for diagnostic clarification of infectious diseases with an emphasis on prolonged fever. During the ninth year of its creation, the Sector has had 34,057 hospital visits and an annual average of 3,700 patients. From this data, valuable information was extracted for epidemiological surveillance and for strengthening understanding about emerging diseases. The data for typhoid fever and Chagas disease, two leading causes of fever in the region, were striking. In the previous five years, 308 cases of typhoid fever was recorded and there was an annual average of 15 micro-epidemic outbreaks of Chagas disease. The identification of diseases trigger the investigations in partnership with the State and Municipal Health Secretariats for quick diagnosis. Moreover, it supports the generation of scientific evidence potentially applicable to health attention and prevention. Thus, the creation of the medical-diagnostic attention service in a medical research institution has not only strengthened the researches that generate knowledge but also the rapid diagnostic response to regional endemic diseases. Furthermore, it has enabled the researches on immediate application of results to relatively neglected populations, which is in line with the institutional commitment to public health (AU)
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: PCIEC2016