Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Rotavirus antigen detection in serum samples from children with acute gastroenteritis in Belém, Pará State, Brazil/Detecção de antígenos de rotavírus no soro de crianças hospitalizadas por gastroenterite aguda em Belém, Estado do Pará, Brasil

Rev Pan-Amaz Saude; 7(Ed. esp.): 153- 158, 2016. tab
Artigo em Português | IEC | ID: iec-15861
Os rotavírus (RV) são os principais agentes virais causadores de gastroenterite (GE) aguda na infância, sendo responsáveis por milhares de óbitos em crianças com diarreia, em âmbito global, especialmente nos países em desenvolvimento. Estudos recentes demonstraram a presença de antígenos de RV no soro (antigenemia) e nas fezes de animais e seres humanos, podendo esse achado estar relacionado a manifestações clínicas extraintestinais e maior gravidade da doença. Este estudo foi realizado em uma clínica infantil em Belém, Estado do Pará, Brasil, com o objetivo de detectar antigenemia causada por RV entre crianças hospitalizadas com GE aguda. De 566 crianças, foram coletadas 452 amostras pareadas de fezes e soro para análise por meio do método imunoenzimático (ELISA). A pesquisa de RV nas fezes revelou-se positiva em 24 por cento (109/452) das amostras, sendo detectada antigenemia em 37,5 por cento (41/109) desses pacientes. A gravidade da doença foi analisada utilizando-se o escore universal de Ruuska e Vesikari, não sendo observada diferença estatisticamente significativa entre os pacientes com e sem antigenemia (p = 0,120); entretanto, observou-se maior número de episódios e duração dos vômitos nos pacientes com antigenemia (p = 0,015 e p = 0,002, respectivamente). A antigenemia é frequente em crianças hospitalizadas com GE aguda causada por RV, em Belém, e está associada a um maior número de episódios e duração dos vômitos. Os resultados permitiram um melhor entendimento acerca da patogenia das rotaviroses, especialmente em crianças vacinadas. Entretanto, faz-se necessária uma análise mais abrangente envolvendo testes moleculares para complementação dos resultados alcançados no que tange aos genótipos envolvidos (AU)
Rotaviruses (RV) are the main causative agents of acute gastroenteritis (AGE) during childhood and are responsible for thousands of deaths due to diarrhea worldwide, especially in developing countries. Recent studies have indicated the presence of RV antigens in the serum (antigenemia) and feces of animals and humans, which may be related to extraintestinal clinical manifestations and increased disease severity. This study was conducted in a children's clinic located in Belém, Pará State, Brazil, and aimed to detect antigenemia caused by RV in children hospitalized for AGE. The study population was composed of 566 children, from whom 452 paired fecal and serum samples were collected for RV antigen detection using immunoassays (ELISA). Positive results were found in 24 percent (109/452) of fecal samples; antigenemia was detected in 37.5 percent (41/109) of children. Disease severity was analyzed using Ruuska and Vesikari's scoring system and no statistically significant difference was observed between patients with or without antigenemia (p = 0.120); however, a greater number of vomiting episodes and longer duration of vomiting were observed in patients with antigenemia than those without antigenemia (p = 0.015 and p = 0.002, respectively). Antigenemia is frequently identified in children hospitalized for AGE caused by RV, and is associated with a greater number of vomiting episodes and longer duration of vomiting in Belém, Brazil. The results enabled a better understanding of the pathogenesis of RV infections, especially in vaccinated children. However, a comprehensive analysis is necessary, including molecular tests for the genotypes involved for completing the achieved results (AU)
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: PCIEC2016