Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

In vitro safety assessment of papain on human skin: A qualitative Light and Transmission Electron Microscopy (TEM) study / Avaliação in vitro da segurança de uso da papaína em pele humana: Estudo qualitativo por microscopia de luz e eletrônica de transmissão (MET)

RBCF, Rev. bras. ciênc. farm. (Impr.); 44(1): 151-156, jan.-mar. 2008. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-484378
Papaína é uma enzima proteolítica amplamente utilizada na dermatologia para o tratamento de feridas. Atualmente, a papaína também tem sido empregada como promotor de absorção cutânea passível de modificar os domínios protéicos da epiderme. Nesta pesquisa investigou-se in vitro a segurança da papaína, utilizando pele humana exposta a enzima em diferentes períodos de tempo de contato: 4, 24 e 48 horas. As amostras foram avaliadas por Microscopia de Luz e Eletrônica de Transmissão (MET), técnicas que podem ser utilizadas no estudo dos mecanismos envolvidos na interação de promotores de absorção cutânea e a pele. Após 24 horas de contato entre a pele a solução de papaína, mudanças ocorreram nos corneossomos, no entanto, as amostras em contato por 24 horas não evidenciaram alterações relevantes comparadas com o controle. Os resultados indicaram que a papaína poderia ser seguramente aplicada sobre a pele.
Biblioteca responsável: BR40.1