Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Anatomopathological study of cardiomyopathy induced by doxorubicin in rats / Estudo anatomopatológico da miocardiopatia induzida pela doxorrubicina em ratos

Acta cir. bras; 25(2): 137-143, Mar.-Apr. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-540488

OBJETIVO:

Desenvolver um modelo experimental de miocardiopatia induzida por doxorrubicina em ratos.

MÉTODOS:

16 ratos Wistar machos foram randomizados em 2 grupos: Grupo I (placebo) e Grupo II (doxorrubicina 5mg/kg). Após 6 meses, os animais foram submetidos a cardiotomia e seus corações foram pesados e submetidos a cortes transversais. Estes fragmentos foram estudados considerando seus diâmetros externos e internos e a espessura do ventrículo esquerdo. As peças histológicas foram analisadas quanto à presença de fibrose, vacuolização citoplasmática, necrose e variação do tamanho do núcleo. Os resultados foram submetidos a análise estatística pelo teste t de Student.

RESULTADOS:

Os corações dos animais do grupo II aumentaram 41 por cento em relação ao peso; 33 por cento no diâmetro interno e 14 por cento no diâmetro externo; e 24 por cento na espessura da parede do VE. Fibrose do tecido miocárdico foi observada em 75 por cento dos animais do grupo II; todos os animais apresentaram vacuolização citoplasmática dos miócitos; Houve necrose miocárdica em 75 por cento dos animais e 87 por cento apresentaram variação no tamanho do núcleo. A presença de células polimorfonucleares também foi observada.

CONCLUSÃO:

A doxorrubicina foi efetiva na promoção de alterações macro e microscópicas no tecido cardíaco de ratos, possivelmente constituindo-se num modelo experimental para estudo da miocardiopatia.
Biblioteca responsável: BR1.1