Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Ombro doloroso após lesão cerebral / Painful shoulder after brain injury

Fisioter. Bras; 9(5): 381-386, set.-out. 2008.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-546595
O ombro doloroso (OD) após acidente vascular encefálico (AVE) é frequentemente investigado. Entretanto, sua prevalência após outros tipos de lesão cerebral permanece desconhecida. Os objetivos deste estudo foram identificar a prevalência de OD após diferentes tipos de lesões cerebrais, os fatores associados a essa condição em pacientes admitidos na reabilitação e investigar a associação entre suas características clínicas. Foram avaliados os prontuários do universo de pacientes (n = 109) com diagnóstico clínico e imaginológico de LC admitidos no período de um ano para tratamento em um hospital da rede pública de saúde de Minas Gerais. Itens como, idade, gênero, etiologia da lesão, tempo de lesão, deficiência física, ombro acometido, tônus muscular, subluxação glenoumeral, amplitude de movimento (ADM) e distrofia simpático-reflexa (DSR) foram incluídos neste estudo. A prevalência de ombro doloroso foi de 52,29 por cento. Dentre os fatores previamente relacionados, apenas o tempo de lesão em meses, espasticidade grau 1 na escala de Ashworth, limitação da ADM e subluxação glenoumeral apresentaram associação significativa com essa complicação. As manifestações clínicas identificadas nos prontuários com registro de OD apresentaram significância apenas para a associação do tipo de tônus muscular com o grau de tônus e a ADM.
Biblioteca responsável: BR1561.1