Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Long term treatment of a thyrotropin-secreting microadenoma with somatostatin analogues / Tratamento de longa duração com análogos da somatostatina de um microadenoma tirotrofinoma

Arq. bras. endocrinol. metab; 54(5): 502-506, 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-554213
Tirotrofinomas (TSH-omas) representam < 1 por cento dos adenomas hipofisários. Eles são uma causa muito rara de hipertireoidismo. O diagnóstico é frequentemente feito na fase de macroadenoma em consequência da natureza agressiva do tumor e do feito de que os doentes são tratados inicialmente por engano e por um longo tempo para hipertireoidismo primário. A terapêutica de primeira linha é a ressecção transesfenoidal do tumor, que cura um terço dos pacientes completamente. Contudo, se a cirurgia não for possível ou curativa, a radioterapia da pituitária e/ou o tratamento com análogos da somatostatina (SSA) podem ser úteis. Relatou-se o caso de uma mulher de 54 anos, tratada há 20 anos por uma suspeita equivocada de hipertireoidismo primário. Dada a persistência dos sintomas, foram realizados mais exames e a paciente foi diagnosticada com TSH-oma. Apesar do diagnóstico tardio e da ablação prévia com iodo radioativo, encontrou-se um microadenoma. Como a cirurgia transesfenoidal não foi considerada eficaz, iniciou-se o tratamento da paciente com SSA. Atualmente, após quatro anos de acompanhamento, a paciente continua com o tratamento e permanece eutireoidea e assintomática. Neste artigo, relatou-se a eficácia da terapia medicamentosa com SSA em longo prazo, após cirurgia não eficaz.
Biblioteca responsável: BR1.1